Vale a pena conhecer o Eataly Brasil, em São Paulo?

Crédito: Eataly Brasil/Facebook
Crédito: Eataly Brasil/Facebook
Crédito: Eataly Brasil/Facebook

A resposta é sim. Apesar das prováveis filas? Sim. Apesar de possíveis preços altos? Sim. Vamos combinar, essa era uma pergunta praticamente retórica. Por que? Versão brasileira do misto de restaurante, empório e bar – resumindo, um shopping da comida – , o Eataly Brasil abre na próxima terça-feira, dia 19/5, seguindo o exemplo de seus “irmãos” dos Estados Unidos e Itália, entre outras de suas 29 unidades espalhadas por 6 países.  Para quem viaja a Nova York, um dos destinos preferidos dos brasileiros, o Eataly é praticamente uma parada obrigatória. Nada mais gostoso do que sentar sem pressa e ver a hora passar com uma, duas, três taças de vinho… E nada melhor do que poder fazer isso perto de casa.

E aqui em SAO, como vai ser? O que, afinal, faz o Eataly Brasil valer a pena?

– O espaço tem mais de 4 mil metros quadrados e 3 andares, com 7 restaurantes temáticos e um bar e restaurante conceitual, mais uma cervejaria artesanal. Assim como nos EUA, a ideia (dizem os sócios do empreendimento, capitaneado pelo chef Mario Batali) é ter opções de diferentes faixas de preço. Ou seja: quem não vai de lagosta pode ir de pizza. Numa boa. Segundo os sócios, a pizza individual deve ficar na faixa de R$ 25.

Quiosque de Nutella. Apesar de não ser grande fã da iguaria, entendo o apelo. E sorvete, na sorveteria e chocolateria Venchi. Aliás, o sorvete do Eataly NYC foi um dos melhores que já tomei.

– Como um bom empório, o Eataly Brasil vai vender comidinhas e produtos importados e nacionais. Tem padaria, açougue, peixaria, rotisseria e outras “ias”. O Grupo Saint Marche – cujo nome batiza uma das redes de supermercados mais recomendadas pelas nutricionistas da cidade – faz parte do time de sócios do empreendimento e terá seus produtos à venda. A produção de mussarela e massas também será local. Comida fresquinha = amor.

Crédito: Eataly Brasil/Facebook
Crédito: Eataly Brasil/Facebook

– Para uma cidade que tem o Mercado Municipal e seu sanduíche de mortadela como um símbolo, outro “mercadão” da comida se encaixa como uma luva. Faz parte da cultura paulistana o “sair para comer” (meus quilos a mais desde que mudei para cá estão de prova!).

Um monte de opção no mesmo lugar. Pizza, massa, carne, peixe, sanduíches e friturinhas, pratos vegetarianos, sopas. Otimiza o programa da noite, né? Quem não come peixe come massa, e por aí vai.

– Uma das melhores razões para quem, na contramão de São Paulo, anda a pé (sim, sou uma dessas pessoas): é possível chegar no Eataly de transporte público. O espaço fica a apenas 1 quilômetro da estação de trem Vila Olímpia (Linha 9 Esmeralda da CPTM).  Uma caminhada de, no máximo, 15 minutos.

– Sejamos sinceros: começou a temporada de frio em São Paulo – para cariocas 14 graus é frio, gente. Nada como ficar quentinho, com o estômago aquecido, num lugar cercado de comida gostosa por todos os lados.

Eataly Brasil. Avenida Presidente Juscelino Kubitschek 1.489, Vila Nova Conceição. Telefone: + 55 11 3279-3300.  Horário: todos os dias, das 8h a 23h (os restaurantes têm horários diferenciados).

Siga Almost Locals no Instagram
Não perca nenhum post Almost Locals no Twitter
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

Comments

comments

More from Tatiana Contreiras

3 lugares escondidinhos em São Paulo que vale a pena conhecer

Normalmente é assim: você passa por determinado lugar, meio fora da sua...
Leia Mais