RIO: Teatro Rival e Rivalzinho resgatam o agito na noite no Rio de Janeiro

Irmão caçula do Teatro Rival, o Rivalzinho se transformou no happy hour mais animado do Centro do Rio. Foto: Erika Azevedo

A noite no Rio de Janeiro não é mais a mesma desde que chegou o Rivalzinho. Irmão caçula do Teatro Rival, o novo bar fica anexo à tradicional casa de espetáculos e rapidamente se transformou no happy hour mais animado da região, transformando a rua em pista de dança.

O motivo? Voltado para a calçada da Rua Álvaro Alvim, na Cinelândia, o Rivalzinho tem atraído de artistas a funcionários das empresas da região para tomar aquela cerveja gelada no fim do dia, ao som de alguns dos melhores DJs da cidade, tocando de graça, ao ar livre. Pra completar, o bar ainda oferece bolinhos e petiscos assinados por ninguém menos que as chefs Kátia e Bianca Barbosa, do Aconchego Carioca. A rua fica tomada de gente, e não é por menos.

O nascimento do Rivalzinho faz parte da renovação do Teatro Rival, reaberto no dia 31 de abril e agora comandado pela atriz Leandra Leal, que assumiu a administração da casa, antes liderada por sua mãe ngela Leal. Nessa nova fase do Rival – que já tem mais de 80 anos na ativa -, música, gastronomia e boemia andam juntas. A noite no Rio de Janeiro agradece.

A roda de samba com Pretinho da Serrinha é atração às sextas-feiras no palco do Rival. Foto: Erika Azevedo

De segunda a sexta, o palco do Teatro Rival recebe shows gratuitos, de estilos diferentes a cada dia: nas terças-­feiras, quinzenalmente, a casa vira um autêntico cabaré, com shows de talentos, teatro e travesti; às quartas-­feiras, a música instrumental dá o tom, com chorinho, jazz e samba; as quintas são de novos nomes da cena musical; e sexta-feira é dia e de roda de samba, com Pretinho da Serrinha e convidados. Os sábados e domingos são de grandes nomes da música, com ingressos a preços convidativos. Uma agenda super eclética na noite no Rio de Janeiro.

Já o Rivalzinho abre de segunda a sexta, além dos fins de semana de shows no Teatro. A badalação acontece mesmo às quintas e sextas, a partir das 19h, quandos DJs como Marcelinho DaLua e Yuri Almeida comandam as carrapetas até por volta da meia-noite.

Pra completar, essa grande novidade na noite no Rio de Janeiro, o Teatro Rival agora abre para almoço, de segunda a sexta, também sob a batuta das Barbosa. E quem conhece as delicias do clássico Aconchego Carioca, na Praça da Bandeira, não vai ficar decepcionado. O menu conta com um menu executivo que muda a cada dia, com opções vegetarianas. Baião de dois, Frango ao molho de cerveja, espaguete de pupunha ao pesto e escondidinho são algumas das opções do cardápio fixo, além, claro, dos bolinhos que fizeram a fama das chefs.

Espaguete de pupunha, uma das delícias de Kátia Barbosa, para o menu do Teatro Rival. Foto: Clotildes Machado

Com tantas novidades, a dobradinha Rival-Rivalzinho vem resgatando a agitação que há muito não se via na noite no Rio de Janeiro. Pra conferir a programação, basta acompanhar no Facebook a página do Teatro Rival.

Teatro Rival

Rua Álvaro Alvim, 33/37, Cinelândia
Aberto de segunda a sexta, das 11h30 às 16h, e das 19h à meia- noite. Sábado e domingo, das 19h à meia-noite em dias de shows
Telefone: (21).2240-4469 e (21) 2262-4765


Siga Almost Locals no Instagram

Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

Comments

comments

Tags desse artigo
Escrito por
More from Erika Azevedo

5 lugares pra curtir a noite do Recife como um local

Recife é dona de uma vida noturna agitada, o que, às vezes,...
Leia Mais