SAO: 7 bloquinhos imperdíveis no Carnaval de São Paulo

Antes que algum carioca venha me atirar pedras, precisamos deixar algumas coisas bem claras:

– Existe amor e Carnaval em São Paulo, sim! Tá tranquilo, tá favorável 🙂 Os tempos de “túmulo do samba”, pelo visto, não existem mais.

– Em São Paulo, bloco é bloquinho. Apelido carinhoso para o carnaval de rua da cidade, dado em tempos em que os cortejos eram INHOS mesmo. Os blocos cresceram em São Paulo… Mas continuam sendo chamados de bloquinhos. Os cariocas implicam. Eu, carioca apaulistanada, acho fofo e respeito (mas biscoito continua sendo biscoito e não bolacha!).

– Em São Paulo, trio elétrico também é bloco. Aos amigos paulistanos: de onde eu venho, bloco costumava ser aquele cortejo que tem uma bateria afinada (e rainha de bateria, muitas vezes) à frente de um carro de som (normalmente uma caminhonete ou um caminhãozinho) com alguém cantando e um amplificador, e é isso aí. Claro que os blocos no Rio foram crescendo e aderindo a esse esquema do trio, mas bloco tru, roots, de raiz, é como eu tô contando aqui procês.

Isto posto, hoje é Sexta-feira de carnaval. Você está em São Paulo? Vai ficar em São Paulo? Fica sim! Confira aqui 7 bloquinhos imperdíveis no ziriguidum dos mano, meu 🙂

  1. Bloco 77. Em seu terceiro ano, os Originais do Punk desfilam na Vila Madalena, com versões de sucessos punks em ritmo de marchinhas – e marchinhas com letras adaptadas para o clima punk. Acreditem: é super divertido. E tem bateria! Desfile: sábado (6/2) e segunda (8/2), com concentração às 15h na rua Simão Álvares com Cardeal Arcoverde, na Vila Madalena. ToDeBowie         Estandarte do Tô de Bowie, que desfila na terça de Carnaval (Crédito: Instagram Tô de Bowie)
  2. Tô de Bowie. O bloco cresceu e há quem diga que vai ser o Sargento Pimenta (aquele bloco carioca que só toca Beatles) do carnaval paulistano, prometendo arrastar multidões e ser um dos mais lotados. Bom, não custa nada pelo menos tentar carnavalizar ao som de David Bowie, né? Desfile: terça-feira (9/2), com concentração às 15h na Praça Princesa Isabel (Av. Rio Branco com Av. Duque de Caxias, no Centro)
  3.  O Espetacular Bloco da Charanga do França. Sem querer, dia desses peguei um ensaio do bloco em Santa Cecília, e achei dos mais simpáticos: marchinhas delícia e clima bacana. Entrou pra lista! Mas quem é o França? O França é Thiago França, músico e instrumentista que também faz parte do grupo Metá Metá. Desfile: segunda-feira (8/2), às 16h, na rua Imaculada Conceição 151, em Santa Cecília.
  4. Tarado ni Você. O bloco já é um dos preferidos do paulistano chegado à folia. Pelo terceiro ano desfilando na cidade, o Tarado homenageia a obra de Caetano Veloso e – sim! – desfila no famoso cruzamento da Ipiranga com Avenida São João. Alguma coisa certamente vai acontecer no seu coração. Ah, neste ano o tema é #somostodostieta. Desfile: sábado (6/2), com concentração às 10h na avenida Ipiranga com a avenida São João, no Centro. domingoelanaovai (725 x 480)   Rodrigoh e Alberto são os criadores do bloco Domingo Ela Não vai (crédito: Facebook/Domingo Ela Não Vai)
  5. Domingo Ela Não Vai. Domingo ela vai sim, e vai segurar muito o tchan, amarrar o tchan e tchan tchan tchan tchan! O bloco, criado pelo jornalista Alberto Pereira Jr e por Rodrigoh Bueno, homenageia aquela axé music marota dos anos 1990 que todos nós conhecemos. Pode se preparar para ralar na boquinha da garrafa. Desfile: domingo (7/2), com concentração a partir das 16h20 na praça do Patriarca, no Centro. bregsnice (725 x 412) BregsNice: o melhor do brega em Pinheiros (crédito: Facebook/BregsNice)
  6. BregsNice. O bloco tem a presença especialíssima da trupe do Hermes & Renato entoando hinos do carnaval brasileiro, como “Bichinha pobre” e o samba enredo da Unidos do Caralho a Quatro. Vai lotar? Sim. Vamos perder? Não. Onde mais ouvir Reginaldo Rossi, Araketu e afins? Torcendo pra rolar um Fagner e “quem me dera ser um peixe”:) Desfile: segunda-feira (8/2), com concentração às 13h no Largo da Batata.
  7. MinhoQueens. Para quem é diva e puro poder. Alô alô, graças a Deus /inesbrasil: o MinhoQueens tá na área! O bloco LGBT traz as drag queens para o carnaval paulistano. Como diria Mama Ru, “good luck and don’t fuck it up!”. Desfile: sábado (6/2), às 16h, na praça Marechal Deodoro, em Santa Cecília.

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Tatiana Contreiras

Ita Comida Caseira: bom, bonito, barato (e muito simpático) em São Paulo

  Quando estou com fome e em um bairro que não costumo...
Leia Mais