RIO: Segunda-feira é dia de Samba do Trabalhador

Samba do Trabalhador no Clube Renascença. Foto: Facebook Samba do Trabalhador

O que começou há dez anos como uma brincadeira, em plena tarde de segunda-feira, reunindo amigos músicos em seu habitual dia de folga, hoje é uma das rodas de samba mais badaladas da cidade. Toda segunda, o Samba do Trabalhador leva para o tradicional Clube Renascença, no bairro do Andaraí, Zona Norte do Rio, cerca de mil pessoas que não se deixam abater pelo início de mais uma semana.

O Samba do Trabalhador começa às 16h30 e acaba religiosamente antes das 22h. A roda já começa animada, mas enche mesmo perto das 20h, quando vai chegando quem está a fim de relaxar ouvindo boa música depois do trabalho. A cerca de meia hora do Centro do Rio, fica num local de fácil acesso de ônibus ou táxi.

A roda de samba é comandada pelo bamba Moacyr Luz, parceiro de nomes como Martinho da Vila, Wilson das Neves e Aldir Blanc, e que já compôs para Maria Bethânia, Beth Carvalho e Zeca Pagodinho, entre outros. Por conta de seu horário peculiar, o evento é ponto de encontro da turma do samba, da velha guarda às novas gerações, e não é raro se surpreender com participações especiais, que aproveitam o dia livre para dar uma canja.

O clima de festa de amigos é um dos grandes charmes do Samba do Trabalhador – além da música, é claro. O repertório vai de clássicos do samba de raiz a composições próprias do grupo, que nesses dez anos já lançou três discos e dois DVDs, ampliando seu alcance para os quatro cantos do país e do mundo.

Para completar, o Clube Renascença, onde a roda acontece, já é uma atração por si só. O Rena, como é chamado, é um marco na história do movimento negro da cidade. Fundado na década de 50, o clube foi criado para que famílias negras pudessem se reunir e se divertir, tendo se transformado em um espaço de resistência, valorização e resgate da tradição cultural afro-brasileira.

Por todos esses motivos, o Samba do Trabalhador virou uma referência na programação cultural do Rio de Janeiro, um programa obrigatório pra quem estiver de bobeira na cidade numa segunda-feira. 

Samba do Trabalhador
Clube Renascença: Rua Barão de São Francisco, 54, Andaraí
Toda segunda-feira, das 16h30 às 21h30
Ingresso: R$ 20 (somente em dinheiro). O bar aceita cartão de débito.
Telefone: (21) 3253-2322

Gostou? Leia mais aqui

RIO: Por que você precisa conhecer a Pedra do Sal

RIO: Programa duplo em Laranjeiras – Feijoada no Cardosão e Roda de Samba do Rebarbas


Siga Almost Locals no Instagram
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

Comments

comments

Tags desse artigo
Escrito por
More from Erika Azevedo

RIO: 10 dicas de programação durante os Jogos Olimpicos Rio 2016

Nem só de esportes vive o Rio de Janeiro durante os Jogos...
Leia Mais