As pataniscas do Pavão Azul, um clássico de Copacabana

Porção de pataniscas de bacalhau, carro-chefe do bar Pavão Azul. Foto: Erika Azevedo

Você sabe o que é uma patanisca? Iguaria de origem portuguesa, ela difere do popular bolinho de bacalhau principalmente por um detalhe aparentemente sutil: não leva batata na massa da receita. O petisco é a principal atração do Pavão Azul, boteco dos mais tradicionais de Copacabana, considerado um dos melhores pés-sujos da cidade. Ficar na calçada batendo papo e degustando uma porção de pataniscas com cerveja de garrafa gelada é um programa clássico – e barato – do bairro.

As irmãs Vera e Bete, sempre presentes e simpáticas, comandam a casa há quase 40 anos, que vive lotada. Tanto que, há cinco anos, inauguraram um anexo do bar, do outro lado da rua, apelidado de “Pavãozinho”, que vive igualmente cheio.

A receita do sucesso é uma combinação de clima descontraído de pé-sujo, preços justos, além, é claro, das tais pataniscas. Sequinhas e crocantes, elas vêm em porções de, no mínimo, quatro unidades, recheadas de puro bacalhau, desfiado e temperadinho, uma receita guardada a sete chaves pelas donas. E que ninguém ouse chamar de bolinho, sob o risco de ouvir uma gracinha.

O Pavão Azul, em Copacabana, considerado um dos melhores pés-sujos da cidade. Foto: Erika Azevedo
Ir ao Pavão Azul é programa clássico de Copacabana. Foto: Erika Azevedo

Mas nem só de pataniscas vive o Pavão Azul. Outro queridinho da casa é o risoto de camarão, que, apesar do nome, é feito com arroz comum. Molhadinho e saboroso, ele tem jeito de comida caseira e serve muito bem duas pessoas. A batida de coco e os pastéis da casa (principalmente o de camarão) também são bastante populares. É só provar pra entender o porquê.

Por esses motivos, chegar depois das 20h, mesmo durante a semana, significa precisar de uma dose extra de perseverança pra conseguir uma mesa. O segredo é relaxar e começar a pedir em pé na rua mesmo, usando como mesinhas os bancos altos espalhados na beirada da calçada e jogando conversa fora, o que, para muitos, já é o melhor programa.

Pavão Azul
Rua Hilário de Gouveia, 71 – Lojas A e B, Copacabana.
Abre todos os dias, do meio-dia à meia-noite.
Telefone: (21) 2236-2381

 

Siga Almost Locals no Instagram
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

Comments

comments

Escrito por
More from Erika Azevedo

Agenda cultural do fim de semana: Rio-SP 16.12

O season finale de 2016 está chegando e a programação em dezembro...
Leia Mais