RIO: 6 motivos pra comemorar a volta do Cine Odeon

O Cine Odeon acaba de reabrir como Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro. Foto: Erika Azevedo

Cinema de rua mais antigo do Rio em atividade, o Cine Odeon não é só atração para quem é cinéfilo. Último dos grandes “palácios cinematográficos” que fizeram o famoso trecho do Centro do Rio ser batizado de Cinelândia no início do século passado, ele é um patrimônio histórico e afetivo da cidade e que, agora, ganha novo fôlego ao ser reinaugurado como centro cultural.

Depois de passar quase um ano fechado, deixando muita gente preocupada sobre o destino do mais charmoso cinema da cidade, o Odeon reabriu na quarta-feira (20/5) com um novo sobrenome – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro – e cheio de novidades. Agora, mais do que nunca, ele vira parada obrigatória pra quem quer ter uma experiência mais local da cultura e da história da cidade.

Aqui, a gente enumera 6 motivos para comemorar a volta do Odeon:

1 – Assistir a um filme no Odeon é como viajar no tempo. Inaugurado em 1926, ele completou 90 anos de existência em 2015, com um “corpinho de menino”. Uma reforma recuperou o projeto arquitetônico original, tanto da fachada como da parte interna. Agora, pra completar a experiência, o cinema resgatou até a figura do lanterninha, com direito a uniforme igual ao que era utilizado na época da inauguração.

2 – Tradicional palco das sessões de gala de grandes produções nacionais e internacionais, o Odeon vai voltar a receber as premières badaladas da cidade. Não era raro passar por lá à noite e ver pequenas multidões se acotovelando em frente ao cinema para chegar perto das celebridades no tapete vermelho. Ali, já passaram astros e estrelas hollywoodianos como Tom Cruise, Bradley Cooper, Dakota Fanning, Samuel L. Jackson e Julianne Moore, além, claro, de grandes nomes do cinema brasileiro.

A badalação já começou com a reinauguração, na pré-estreia do novo filme estrelado por Lázaro Ramos e Alinne Moraes. Vale ficar de olho na programação pra não perder a oportunidade de cruzar com algum ídolo.

3 – Maratonas, mostras, pré-estreias, cineclubes e festivais voltam a ter no Odeon um porto seguro. Para a alegria dos cinéfilos da cidade, o Festival do Rio, com suas concorridas premières nacionais, já está garantido (e começa na primeira semana de outubro, preparem a agenda). Também voltam à casa o Anima Mundi, de animação, e o Festival Varilux de Cinema Francês.

4 – Agora, como centro cultural, o Odeon passa a ter uma programação mais diversificada. Além de filmes, o cinema também vai exibir shows, balés, óperas e até jogos de futebol. Sim, eu disse futebol. Inclusive, já está agendada para o dia 6 de junho a sessão ao vivo com a partida final da UEFA Champions League. Cursos, palestras e eventos também estarão entre as atividades.

5 – O Cine Odeon é memória viva do cinema brasileiro e, a partir do segundo semestre, vai mostrar um pouco dessa trajetória para o público. O primeiro andar do cinema vai receber uma exposição permanente com fotos retratando a história do Odeon e da Cinelândia.

6 – Na contramão dos outros cinemas da cidade, no Cine Odeon os ingressos agora são mais baratos nos fins de semana. A ideia é manter o local fervilhante mesmo nos dias em que o Centro do Rio fica naturalmente menos movimentado. Assim, as entradas ficam por R$ 18 (R$ 9, a meia-entrada) aos sábados e domingos, e R$ 24 (R$ 12, a meia) de segunda a sexta. Localizado do ladinho da estação Cinelândia do metrô, transporte não é problema.

Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro
Praça Floriano, 7, Cinelândia – Centro
Programação no site: www.kinoplex.com.br/salas-especiais/cine-odeon


Siga Almost Locals no Instagram
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

Comments

comments

Tags desse artigo
Escrito por
More from Erika Azevedo

RIO: Apps úteis pra curtir o Rio de Janeiro como um local

Em tempos super conectados, algumas apps úteis pra celular podem dar uma...
Leia Mais