Ótimos restaurantes no Poble-Sec, bairro da moda de Barcelona

O Poble-Sec, em Barcelona, tem a típica história de bairro gentrificado. Por volta de 1850, a área entre o porto e Montjuic começou a ganhar edifícios construídos para operários. Pule para o século XXI e estamos em um bairro simples porém cheio de charme, com áreas verdes ao norte – colado em Montjuic, e muito agito ao sul – ao lado do Raval e Sant Antoni. A área tem uma das melhores localizações da cidade e por isso, restaurantes no Poble-Sec não param de abrir.

Uma coisa continua igual nesse bairro de Barcelona: apesar da cara super local, sempre foi composto de gente de várias nacionalidades. Junto com os locais, estão mudando a cena gastronômica do bairro – e para o bem. Apesar de ter muitas opções tradicionais ótimas e de toda la vida, o Poble-Sec era conhecido pela Carrer Blai, com muitos bares baratos e de qualidade duvidosa. Pois até a Blai está mudando e agora, oferece melhores opções.

Quer saber quais são alguns dos bons restaurantes no Poble-Sec, em Barcelona? Olho no lance!

O brunch para relaxar

Começamos por um brunch, esse perfeito momento preguiçoso para curtir o início de um dia sem trabalho. O Brummell Kitchen, dentro do Hotel Brummell, tem um clima perfeito para um brunch em Barcelona. Com um jardim interno com muitas plantas tropicais, pedras, cimento queimado e até uma pequeno chafariz charmoso, é um oásis para quem quer começar o dia zen.

Foto: Christian Schallert

Esse brunch em Barcelona tem um menu que foge da mesmice, com misturas deliciosamente inusitadas. O sanduíche de funcho caramelizado com salada de atum e maionese de laranja (€ 6,50) e os ovos pochê com almôndegas de cordeiro, tomates, batata doce e iogurte grego (€ 6,50) são algumas opções. As porções são grandes e por isso, os preços são justíssimos. O buffet é inspirado na cozinha de Yotam Ottolenghi, chefe famoso de Londres que serve comida do Oriente Médio com uma pegada altamente saudável e vegetariana.

O buffet de brunch, inspirado no Ottolenghi, de Londres. Foto: Christian Schallert

Para os dias chuvosos, fique na parte interna, que mistura móveis escandinavos com uma pegada tropical.

Para comer leve e saudável

O Lascar 74 é um novo restaurante no Poble-Sec, mas conquistou os locais por conta de sua proposta, que é misturar culinárias de todo o mundo que tem o peixe e temperos como protagonista principal. O conceito está explicado no nome do restaurante, já que os lascar eram os marinheiros do sudoeste da Ásia que desbravaram o mundo, promovendo um intercâmbio novos temperos e comidas pelo planeta. O restaurante resgata exatamente isso. A comida é fresca, saudável, baixa em gordura e calorias. Perfeito para o calor que faz em Barcelona entre maio e outubro.

Foto: Lascar 74

Os ceviches são as estrelas da casa, com versões de influências tailandesas, mexicanas, tropicais e claro, peruanas. Provamos o ceviche japonês,  com atum, edamame, shoyu e gergelim. Fresco e saboroso, como qualquer comida de verão deve ser. Para quem gosta de ostras, não pode perdê-las, acompanhadas com um shot de pisco, para acompanhar. O ponto alto fica por conta do Pulpo 74, um polvo cozido à perfeição – macio por dentro sem ser borrachudo, dourado e um pouco caramelizado por fora, já que foi feito na churrasqueira. As batatas a salsa huancaína dão o toque peruano ao prato.

Foto: Lascar 74

O ambiente é moderninho e intimista, já que as luzes amarelas tomam conta do ambiente, deixando o Lascar perfeito também para tomar o ótimo pisco da casa. Vale a pena também provar o suco de chicha morada, o milho roxo peruano. Gelado e naturalmente doce. Seja para comer um ótimo ceviche ou tomar um pisco com amigos, o Lascar 74 é um dos novos queridos restaurantes no Poble-Sec.

As tapas com um twist

Os restaurantes no Poble-Sec oferecem opções de toda a Espanha, como Galícia e País Vasco. Nossa recomendação vai para os andaluzes do Palo Cortao. Um moderno bar de tapas, onde as receitas de sempre ganham releituras interessantes e saborosas.

O salmorejo é a típica sopa fria de verão – uma versão do gazpacho, porém com pão triturado. Por isso, a textura é mais cremosa. No Palo Cortao, o acompanhamento desse clássico da culinária espanhola muda de acordo com a temporada e por isso, já provamos salmorejo com enguia defumada, fresco e saboroso. A lula com pancetta confitada e parmentier trufado é outro hit. Opções para vegetarianos, carnívoros e pesceterianos. A carta de vinhos é interessante, com opções ecológicas e espanholas. Peça uma ajuda ao Fede que ele te explicará tudo.

Foto: Sarah Sioli/Almost Locals

A decoração é industrial com um toque retro, com mesas de madeira e cadeiras em estilo escolar, uma das paredes com telha de alumínio – e um grande espelho, e um lindo chão hidráulico geométrico. A iluminação é outro ponto positivo. Um lugar charmoso para ir a dois ou com amigos bastante queridos.

A bodega local

O celler é uma bodega de vinhos, um típico bar catalão que vende vinho a granel. Os locais chegam lá com garrafas de plástico pet – ou até galões, para encher de vinho e vermut e levar para casa. O Celler Cal Marino é esse tipo de lugar no Poble-Sec (lá existem muitos!), porém, um dos mais queridos dos locais. Além dos econômicos vinhos e vermut de barril, a casa oferece uma carta de vinhos com ótimos rótulos da Catalunha e outras regiões.

Além do climão local de um autêntico celler, as tapas são outra delícia. As croquetas podem não ser crocantes, porém os recheios são ricos, com opções como cogumelos com foie gras e morcilla com maçã(€ 1,50 a unidade). O atum seco com amêndoas, o xoriço de León (€ 4,50) e as alcachofras com cecina (€ 7,50) são outros clássicos do botequismo espanhol, com ingredientes de primeira.

O famoso e tradicional

Barcelona tem alguns lugares que são lotados de turistas – e que continuam sendo incríveis. O Quimet i Quimet é um deles. Pode parecer uma dica óbvia e por isso, vamos contar alguns macetes para se dar bem nesse que é um dos mais famosos restaurantes no Poble-Sec. Primeiro, chegue ao abrir para pedir com tranquilidade e garantir seu espaço. Eu gosto de ficar en la barra, porque é fácil pedir por uma tapa e uma bebida – o que deve ser feito sempre pelo balcão. O lugar vira um formigueiro facilmente.

Foto: Sarah Siolil/Almost Locals

Eles estão acostumados em falar em inglês, mas se você souber espanhol ou catalão, ganha mais pontos com o Quimet e sua família. Pode ser um lugar estressante para comer, por conta da quantidade de gente em um lugar que deve ter aproximadamente 12m2 e ausência total de um lugar para sentar. Porém, cada tapa vale a pena. É um lugar sem cozinha, onde a qualidade dos ingredientes é o ponto chave. Com conservas, queijos, frios e frutos do mar e carne preparadas, Quimet faz ali no balcão seus montaditos, o nome local para torradas turbinadas com especialidades como cecina de león e azeite trufado. E que custam entre €1,50 e €3,50 Oh my.

restaurantes no poble-sec
Foto: Sarah Sioli/Almost Locals

E você, conhece outros restaurantes no Poble-Sec, Barcelona?

Veja aqui outros restaurantes de tapas em Barcelona que são um achado!

Foto de destaque: Christian Schallert / Hotel Brummell

Comments

comments

More from Sarah Oliveira

BCN: Norte, pequenas porções, grandes sabores

A trilha do Norte no dia que fui era “O melhor de...
Leia Mais