Conheça a comida tradicional dos restaurantes em Veneza

Veneza é conhecida mundialmente por seus monumentos, museus, arquitetura única, os gondolieri e il Casanova. Lamentavelmente, a cidade quase nunca é reconhecida (ou lembrada) por sua comida, apesar da riquíssima tradição culinária local. A cidade tem ao redor de 1200 restaurantes e muitos deles são frequentados exclusivamente por turistas, que caminham por 25 quilômetros durante o dia e querem sentar-se no primeiro lugar que vêm pela frente. Ou seja, achar bons restaurantes em Veneza é uma tarefa complicada.

Para que ninguém coma pizzas ou massas congeladas – e que custam mais de 30 euros por pessoa – fizemos uma lista de onde provar a comida tradicional nos restaurantes em Veneza. Todos os lugares nessa lista são autênticos e com uma boa relação qualidade/preço por cada coisa. Palavra de quem nasceu, cresceu e mora em Veneza.

Baccalà (Mantecato/in umido/alla vicentina)

O baccalà (bacalhau) é um ingrediente típico da comida veneziana e é preparado geralmente de três maneiras: mantecato (batido com azeite até virar creme), in umido (com molho de tomate) e alla vicentina (cozido num molho cremoso de leite, queijo parmigiano e temperos). O mais interessante e popular dos três talvez seja o baccalà mantecato, que pode ser servido sobre uma fatia de pão, como um cicchetto (como são chamadas as tapas em Veneza) ou com polenta como antipasto ou secondo. O Cantinone Già Schiavi tem uma grande seleção de crostini e o baccalà é sem dúvida um dos melhores que existem na cidade. Esse restaurante em Veneza serve comida preparada pela dona do local, que de vez em quando, aparece do outro lado do balcão.

Foto: Cantinone Già Schiavi

Bigoli in Salsa

Os bigoli são o único tipo de macarrão originário da região de Veneza. São uma espécie de spaghetti mais espessos. A receita dos bigoli in salsa é um elemento básico da cozinha popular veneziana: o macarrões são condimentados com um molho muito simples de anchovas e cebolas brancas, cozinhadas em azeite até virar um creme homogêneo e delicioso.

Antica Trattoria Bandierette é um restaurante em Veneza que prepara uns bigoli in salsa saborosos, pratos de peixe e mariscos da temporada bem frescos, em um local sem pretensões e com um cardápio que muda durante todo o ano. Os donos são umas figuras e gostam de entreter os hóspedes. Ou seja, gostoso, divertido e simpático!

Crostini

Crostino (plural crostini) em italiano é simplesmente uma fatia de pão com diferentes misturas de ingredientes na cobertura. Entre cicchetti tradicionais, os únicos crostini eram com o baccalà mantecato. Porém agora, nos restaurantes em Veneza, ter uma seleção vasta deles é a nova moda. São perfeitos para não beber com o estômago completamente vazio ou para experimentar muitos ingredientes locais diferentes no mesmo lugar. O bar El Timon, na Fondamenta della Misericordia, tem sempre uns 10 tipos diferentes de crostini, que custam apenas 1 euro cada um. Podem ser degustados com um bom vinho ou um spritz, sentados num barco ancorado na frente do restaurante.

Foto: Flickr Gio

Fegato alla Veneziana

Outra receita muito típica e muito frugal da tradição culinária veneziana é o fígado alla veneziana: fígado de porco ou vitela, cebola branca, salsinha e um pouco de vinagre ou suco de limão siciliano (opcionais). Normalmente, vem acompanhado de polenta e, como tem um sabor relativamente forte, não é todo mundo que gosta desse prato.

Para comer o fegato alla veneziana, recomendamos a Cantina Do Spade, onde também são servidas muitas das comidas mencionadas nesse artigo. Tudo o que é servido nesse restaurante em Veneza é fresco, preparado todos os dias. Uma opção é comer os cicchetti do balcão do lado de fora, abaixo do sottoportego onde fica o restaurante. Dentro do espaço limitado do restaurante, é melhor reservar uma mesa com antecedência. 

Saor

O “Saor” é uma maneira de marinar peixe ou vegetais em um molho feito com azeite, vinagre, cebolas, pinolis, uva passa e temperos. O saor mais tradicional é o de sardinhas e há um tempo, era uma das várias maneiras de reciclar as sardinhas fritas que sobravam do dia anterior. Hoje, nos restaurantes em Veneza, se pode achar também saor de camarões, galinha, abóbora, berinjela e outros vegetais.

Um dos melhores lugares para comer o saor de sardinhas e camarões é sem dúvida a Osteria da Codroma. Esse restaurante oferece comida veneziana bem tradicional perto de Campo Santa Margherita, praça com vários bares abertos até “tarde” (tarde em Veneza é início da noite para os brasileiros, por volta das 10 da noite). Essa osteria é perfeita para jantar ou sentar numa das mesinhas na fondamenta, curtindo um vinho e a comida de Veneza.

Polpette

Polpette é a palavra italiana para almôndegas. Cada região na Itália tem o seu tipo – e Veneza tem muitas variações sobre o tema, uma instituição dentro dos cicchetti. A versão mais popular são as almôndegas de carne fritas, mas existe também a de atum, berinjela, abobrinha, ou de carne com molho de tomate. A maioria dos bares que servem cicchetti tem pelo menos um tipo de polpetta – e cada veneziano tem o seu lugar favorito.

Foto: Flickr Flavia Conidi

Talvez o único restaurante que tem o consenso de todos é o La Vedova, perto de Strada Nova. As almôndegas de carne fritas são feitas na hora e acabam tão rápido quando saem que às vezes, é preciso esperar uma nova fornada para conseguir experimentá-las.

Tramezzini

Os tramezzini são um tipo de sanduíche pequeno feito com pão branco sem casca, maionese e recheios de carne, peixe e vegetais. Os recheios mais queridos entre os Venezianos e que são encontrados na maioria dos bares são uma combinação de alguma proteína (presunto, atum ou camarões) com vegetais ou queijo. Os tramezzini são uma opção rápida e barata para comer em Veneza: um tramezzino custa ao redor de €1,70. É também uma comida perfeita para um lanche durante um passeio.

Foto: Flickr Manuela Barattini

Como as polpette, cada veneziano tem seu lugar preferido para comer um tramezzini  – com recheios frescos e variados, pão macio e a quantidade certa de maionese. Recomendo o Bar alla Toletta (aberto somente durante o dia), onde é servida uma grande seleção de tramezzini, inclusive umas opções vegetarianas. Tudo sempre fresco, claro.

Extra: Mozzarella in carrozza

As mozzarelle in carrozza não são tipicamente uma das comidas mais locais, porém é fácil de encontrá-las nos restaurantes em Veneza. A mozzarella in carrozza, traduzida literalmente como “mozzarella em carruagem”, é um sanduíche de mozzarella com anchovas ou presunto, imerso em uma massa e frito até ficar crocante no exterior, com mozzarella bem derretida no meio. Esse petisco não é certamente para quem procura algo leve, mas se você não tem medo das calorias, vale muito a pena experimentar, especialmente na Rosticceria Gislon.

Esse botecão bem típico está sempre cheio de gente atrás da mozzarelle in carrozza. O cardápio porém é mais variado, com  comidas como risotto, massas, peixes e por aí vai. Outra delícia que faz sucesso  por lá é o baccalà mantecato.

E você, conhece outros restaurantes em Veneza com uma boa comida tradicional?

Saiba mais sobre restaurantes em outras partes da Itália aqui.

Imagem de destaque: Flickr Garrett Ziegler

Comments

comments

Tags desse artigo
Escrito por
More from Rocco Schenkel

Conheça a comida tradicional dos restaurantes em Veneza

Veneza é conhecida mundialmente por seus monumentos, museus, arquitetura única, os gondolieri...
Leia Mais