Thalita Rebouças sugere programas para adolescentes em Lisboa

Oceanário de Lisboa com o teleférico ao fundo. Crédito: Leonardo Mesquita
Oceanário de Lisboa com o teleférico ao fundo. Crédito: Leonardo Mesquita

Musa literária de muitos adolescentes brasileiros (e portugueses), Thalita Rebouças é uma das integrantes do fã-clube de Lisboa. A escritora conheceu a capital portuguesa numa visita em 2009 e desde então já voltou à cidade mais de dez vezes. “Cismei que queria publicar em Portugal (Thalita tem sete livros publicados no país) e fui bem na época da feira de livros que acontece no Eduardo VII. Foi inesquecível. Amor à primeira vista”, conta ela, mencionando o evento anual que promove a literatura num dos parques mais bonitos de Lisboa.

Thalita Rebouças em visita a Lisboa. Crédito: Instagram @thalitareboucas
Thalita Rebouças em visita a Lisboa. Crédito: Instagram @thalitareboucas

Pedimos a Thalita dicas para quem visita Lisboa com adolescentes. No meio da produção de um novo livro, ela fez um roteiro básico sob medida e contou por que gosta tanto da cidade. “Tanta coisa me encanta… A arquitetura, a simpatia do povo português, a comida sensacional e a luz. Que luz é essa?! E o céu de Lisboa, gente! Coisa linda!”, empolga-se. Abaixo, as visitas inevitáveis que o adolescente viajante deve fazer em Lisboa.

Confira aqui outras dicas de programas em Lisboa

O Oceanário é imperdível, é um dos mais legais que eu já fui. Eu acho bem bacana para crianças de todas as idades. E eu recomendo muito aquela voltinha no teleférico, que eu acho uma delícia”, sugere Thalita, citando a principal atração do Parque das Nações, a região mais nova de Lisboa.

Estátua Fernando Pessoa Chiado
Fernando Pessoa num raro momento de solidão no Chiado. Crédito: SchiDD / Wikimedia Commons

No centro histórico da cidade, uma das dicas de Thalita é parada certa para muitos dos que visitam Lisboa: a foto com o Fernando Pessoa na porta do café A Brasileira, no Chiado. “Não importa o quão clichê seja, eu acho obrigatório. E acho que é uma boa deixa para fazer com que os adolescentes conheçam Pessoa e queiram ler Pessoa”, comenta.

Conheça os miradouros de Lisboa

Thalita sobe a Calçada do Combro para seguir com suas sugestões. “Outra coisa que eu acho bacana para fazer é ir ao Adamastor. É um lugar com muita gente jovem e bonita. As pessoas vão para lá no fim da tarde ver o pôr-do-sol, é um miradouro que eu acho um encanto”, diz.

Para encerrar seu passeio pelo centro histórico, Thalita pega o elevador da Bica: “Eu acho lindo descer ali e dá lá no Cais do Sodré, que é uma área revitalizada, muito bem frequentada.”

O Mercado da Ribeira fica ali ao lado do Cais do Sodré. Saiba mais sobre ele.

Outra coisa que eu acho bacana para fazer com adolescentes é ir a Sintra, não só por causa dos travesseirinhos (doces de massa estaladiça rechado com creme de amêndoas e ovos). O Palácio da Pena é muito bonito, mas lá tem uma casa menos conhecida, com uns labirintos, a Quinta da Regaleira”, indica.

Quinta da Regaleira, em Sintra. Crédito: Quinta da Regaleira
Quinta da Regaleira, em Sintra. Crédito: Quinta da Regaleira

 

Endereços:

Oceanário de Lisboa
Doca dos Olivais s/n°, Parque das Nações (metrô: Oriente)
Horários: Todos os dias, das 10:00 às 20:00 (verão) e das 10:00 às 19:00 (inverno)
Telefone: +351 218 917 000

A Brasileira
Rua Garrett 120, Chiado (metrô: Baixa/Chiado)
Horários: Todos os dias, das 8:00 às 2:00
Telefone: +351 213 469 541

Quinta da Regaleira
Quinta da Regaleira, Sintra
Horários: Todos os dias, a partir das 10:00. Os horários de encerramento variam conforme a época do ano. Consulte aqui
Telefone: +351 219 106 656
Preço: 6 euros, com descontos para crianças, estudantes e maiores de 65 anos.

 


Quer saber mais sobre o que visitar em Lisboa? Entre em contato e saiba como ter um guia de Lisboa personalizado, com o Almost Locals Experience.

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Flavia Motta

Lisboa em setembro: a cidade se despede do verão ’em grande’

Se junho é o mês mais animado do ano em Lisboa, setembro...
Leia Mais