Produtos de beleza portugueses cheios de história

Creme Benamôr. Foto: Reprodução /Blog Beauty Touch
Creme Benamôr. Foto: Reprodução /Blog Beauty Touch

Creme de Rosto Benamôr
É o creme da vovó portuguesa. Foi lançado em 1928 e teve como uma das adeptas famosas a Rainha Dona Amélia. É tipo multiuso: hidratante, funciona como primer e dizem que age até nas manchas da pele. Com tanto tempo na praça, se não fosse bom já não estava mais à venda, né? O porém: no tempo da vovó não tinha FPS nos cosméticos e o Benamôr não foi adaptado a esses tempos modernos…

Quer viajar no tempo em Lisboa? Conheça a Fábrica Lisboa

Lavanda Ach Brito. Foto: Divulgação
Lavanda Ach Brito. Foto: Divulgação

 

Lavanda Ach Brito
O vidro verde e o rótulo retrô conquistam à primeira vista, mas o cheiro dessa colônia foi o que me fez adotá-la como ‘meu perfume português’. Há quem ache um tanto masculino, mas é leve e assim me ganhou. A Ach Brito foi fundada em 1918, filha caçula de uma empresa criada por alemães em 1887. A lavanda faz parte da linha básica, mas se você é da turma do luxo, procure por produtos Claus Porto, que é a linha high end deles.

A Vida Portuguesa é uma loja irresistível, com certeza. Descubra o porquê

Sabonete de leite de burra. Foto: Reprodução / A Vida Portuguesa
Sabonete de leite de burra. Foto: Reprodução / A Vida Portuguesa

 

Sabonete de leite de burra Cleo
Entre as propriedades do leite de burra estão um alto poder hidratante e o estímulo à produção de colágeno, o que faria dele um antirrugas natural. Diz a lenda que Cleópatra tomava banhos de leite de burra. Josefina, de Napoleão, idem. A Tomelo produz uma linha de sabonetes em diversos aromas (mel, lavanda, azeite e outros) feitos com leite de burra fresco de uma raça legitimamente portuguesa, da região de Trás-os-Montes: o burro de Miranda.

A Rua Nova da Piedade é perfeita para um passeio gastronômico em Lisboa

Pasta de dentes Couto. Foto: Divulgação
Pasta de dentes Couto. Foto: Divulgação

 

Pasta Dentífrica Couto
Tá bem, eu sei que pasta de dente não é exatamente ‘produto de beleza’ mas como é que eu podia deixar fora dessa lista um produto com uma embalagem tão original, tão retrô, tão linda? Há 83 anos, ela foi lançada como Pasta Medicinal Couto, mas teve que se render às exigências da União Europeia em 2001 e mudou para o nome atual. A pasta é básica, sabor de menta e creme branquinho. Se você procura um creme dental gourmetizado, com partículas branqueadoras e essas coisas todas, esse não é para você.

A foto que abre este post é do blog Beauty Touch


Quer saber mais sobre o que visitar em Lisboa? Entre em contato e saiba como ter um guia de Lisboa personalizado, com o Almost Locals Experience.

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Flavia Motta Leia Mais