Paris no cinema: 5 filmes para ver Paris com olhos locais

Paris é uma cidade que faz sonhar. (Eu não canso de falar, eu sei!).

Possui uma arquitetura única e característica que inspirou e inspira muitos artistas. E claro, a sétima arte não fica de fora. Me lembro que no ano em que cheguei aqui havia no magnífico Hôtel de Ville uma exposição muito completa que se chamava “Paris vu par Hollywood” (Paris vista por Hollywood, em tradução livre). Essa mostra reunia em ordem cronológica todos os filmes que se tratavam da cidade ou mostravam Paris desde a criação da indústria do cinema mas famosa do mundo.

Pensei nisso e tentei entrar no espírito, reunindo filmes que mostram minha cidade preferida, desta vez, fora das listas tradicionais  (até porque imagino que você já tenha ouvido falar dos famosos Meia Noite em Paris, Paris Je t’aime, Amélie Poulain e Moulin Rouge – com belas fotografias que dispensam apresentação – se não conhece, pode ficar tranquilo que o Google é nosso amigo e ele conhece 🙂 ).

Abaixo vai a listinha para você poder curtir uma Paris alternativa e (re)conhecer a cidade com os olhos de um local.

1. Paris de Truffaut: Les Aventures d’Antoine Doisnel

Você deve ter ouvido falar em 400 coups, ou Os Incompreendidos em português. Filme de François Truffaut, cult e aclamado. O que talvez você não saiba é que ele faz parte de uma série de cinco filmes, fruto de um trabalho de anos do diretor com o famoso ator Jean Pierre-Léaud. Os filmes representam a evolução emocional do mesmo personagem, Antoine Doisnel, em diferentes momentos de sua vida:

Truffaut tinha um caso de amor com Paris e isso se vê nos seus filmes, principalmente a Rive Droite. Mais do que localizações, é o movimento da vida parisiense que conta, seja a vida popular ou da burguesia. Suas obras são impregnadas da “atmosfera de Paris”, que ele tanto amava. Uma Paris comercial, industrial, agitada, engarrafada. Existe algo das fotografias de Robert Doisneau nos filmes de Truffaut. E a relação do diretor é tão importante com a cidade que ela hoje possui duas ruas com o nome dele. 

 

2. Paris alternativa dos anos 90: Chacun cherche son chat

Esse filme de 1996 fala do desaparecimento de um gato de estimação e nos dá uma visão original de Paris. Chloé confia seu gato à sua vizinha durante uma viagem. Infelizmente, quando ela volta, acaba descobrindo que seu animal de estimação fugiu. As buscas acontecem principalmente perto da Bastille e fazem um tour de uma Paris bem original, mostrando a juventude francesa da década de 1990.

 

3. Paris Nouvelle Vague: Paris vu par…

Coletânea de curtas, esse filme de 1965 reúne scketches de seis diretores da famosa e mais marcante época do cinema francês, a Nouvelle Vague: Jean Douchet, Jean Rouch, Jean-Daniel Pollet, Éric Rohmer, Jean-Luc Godard et Claude Chabrol. Cada curta se passa em um arrondissement diferente de Paris, vista por cada um desses gigantes franceses.

Aqui vai um extrato, o curta do diretor Jean Rouch, mas vale a pena procurar o filme todo…com legendas hehe  😉

 

4. Paris Naïve e Sonhadora: Le Ballon Rouge

No quarteirão de Ménilmontant, em pleno mid-fifties, o filme de Albert Lamorisse fala da história de amizade entre um menino e um balão vermelho. Foco nos arrondissements 19ème e 20ème. Belissima fotografia e história delicada nesse “médio-metragem” de 36 minutos, na íntegra abaixo. Para sonhar junto.

https://www.youtube.com/watch?v=7qVw0VDRXzY

 

5. Paris musical e glamourosa: Funny Face (Cinderela em Paris)

Quem melhor para mostrar uma Paris linda e romântica no final dos anos 50 do que a imortal Audrey Hepburn? Nesse filme clássico ela encarna uma livreira meio beatnik que é descoberta por um fotógrafo (Fred Astaire) e se transforma progressivamente em modelo na Cidade Luz. Um filme cheio de referências da época escondidas e outras mais evidentes.

Destaque para a mítica cena de dança no clube de Jazz que foi readaptada em uma publicidade da GAP ao som de Back in Black do AC/DC.

(Ps: existem ainda “caves” de Jazz em Paris com uma certa “aura” parecida, depois conto mais para vocês no Almost Locals em posts futuros – fiquem de olho)

 

E você, conhece mais filmes onde podemos ver Paris de um jeito especial? Conta nos comentários (por favor, conto com vocês para me ajudar a alimentar minha fome cinéfila, heheh) ! 🙂

Foto de destaque: Print and Pattern

 

 

 

 

Gostou? Leia mais aqui

PAR: Conheça Violette and Co, livraria feminista Parisiense sem medo de ser feliz

PAR: Marcas de roupas francesas para investir ou se inspirar no inverno

Siga Almost Locals no Instagram
Não perca nenhum post Almost Locals no Twitter
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Jordana Felisberto

Paris no cinema: 5 filmes para ver Paris com olhos locais

Paris é uma cidade que faz sonhar. (Eu não canso de falar,...
Leia Mais