O que fazer em Madri em 2 dias: dez planos para você se sentir um local

Se você já conhece Madri ou está visitando a cidade pela primeira vez e quer se sentir um local em pouco tempo, esse é o post que estava procurando. Compartilho com vocês, o que fazer em Madri em 2 dias, ou melhor 10 planos que muitos locais fazem em um típico final de semana na cidade.

É importante dizer que apenas algumas dessas sugestões tem um quê turístico, então se quiser incluir museus e outros pontos de interesse na sua visita recomendo passar mais de um final de semana na cidade. Tenho certeza que você não vai ser arrepender!

Já pensou em ter guia de Madri pensado totalmente nos seus interesses? Entre em contato que te contaremos como ter um guia personalizado, com o Almost Locals Experience.

Dê uma volta no Retiro

Estaque no Parque do Retiro. Crédito: divulgação

Comece o seu dia no Parque do Retiro para relaxar! Prepare-se para conhecer um dos mais parques mais bonitos da Europa, localizado no centro da cidade, e torça para que o céu esteja azul e no capricho. Se tiver pouco tempo, vá para o Estanque e o Palácio de Cristal e, se tiver com mais de tempo visite também a Rosaleda, um jardim de rosas lindo quando florido. O Retiro é frequentado tanto por turistas como por locais, que passeiam e praticam esportes pelo parque. Must go na cidade!

Estação Próxima: Retiro

Tome um café ou almoce em Malasaña

Malasaña um dos bairros mais movimentados de Madri, com vários cafés, restaurantes e lojinhas cool. Um das minhas ruas favoritas da zona é a Calle Espírito Santo, que por si só já vale passar por lá. O Toma Café também é uma delicinha! Próximo a essa rua está a Plaza Dos de Mayo, que é super agradável para tomar algo antes do almoço e sempre tem uma feirinha ou algo do gênero. Acredite você pode ficar horas por ali vendo a vida passar.

Crédito: divulgação
Livraria na Calle Espíritu Santo em Malasaña. Crédito: divulgação

Estação Próxima: Tribunal ou Noviciado

Faça compras na Fuencarral

Muito próxima a Espírito Santo, está a principal a Calle Fuencarral, que é divisão entre os bairros de Malasaña y Chueca. Para mim, é uma das melhores ruas para fazer compras na cidade, pois tem praticamente todas as lojas boas, conhecidas ou alternativas, estão lá. Sem contar que não está totalmente caótica como na Gran via ou Puerta del Sol, ainda que é também bastante movimentada. Algumas lojas são a Mango (no andar de baixo é Outlet), Uterque (versão melhor da Zara), Hakei, BDBA entre outras.

Estação Próxima: Tribunal ou Bilbao

Por do sol no Templo de Debod

O Templo de Debod é um dos meus lugares preferidos de Madri. O Templo foi um presente do governo egípcio, em 1968, pela ajuda espanhola pela preservação da represa de Assuã. O monumento fica na beira de um dos maiores parques da cidade, a Casa de Campo, e tem um dos pores do sol mais incríveis de Madri. No verão, rola uma galera no gramado, tocando violão, dançando, fazendo ioga. Pra mim, uma parada obrigatória para que está ou vive na cidade.

Estação Próxima: Ventura Rodriguez

 Show em alguma sala legal da cidade: Club Tempo, Clamores, Siroco

A noite em Madri tem todo um ritual! Você sai pra jantar entre 21h-22h, bebe até 2 da manhã e só badalar o corpinho depois de 3 da madruga. Mas, se engana quem acha que é só isso! A cidade oferece dezenas de shows todos os dias para todos os estilos! Em geral, acontecem entre 21h e 23h da noite. Curto bastante o Club Tempo, que tem uma pegada mais R&B, Soul. A Clamores rola mais Jazz, eles curtem uma Big Band, mas costuma ter uma programação bem diversidicada. A Siroco já é um pouco mais eclética na programação, vale conferir o calendário. Como essas, há muitas salas pela cidade que podem e devem ser exploradas!

Estação Próxima: Plaza de España (Club Tempo), Alonso Martínez (Clamores), Noviciado (Siroco).

Domingo é de La Latina

Domingo é o dia oficial de sair de tapas pelo bairro de La Latina. Muita gente, curte ir ao Rastro de manhã, uma feira ao ar livre que vende de tudo um pouco e fica até umas 14h. Pra quem não quiser bater perna em meio as barraquinhas, já não costumo ir muito, vale ir para o bares e restaurantes para comer tapas, tomar uma caña, curtir o bom tempo e jogar conversa fora. Uma dos meus restaurantes preferidos da cidade fica lá, é o Juana la Loca, e outro lugar que curto muito é o Bahiana Club, que é uma mistura de comida uruguaia, um toque brasileiro e um charme espanhol.

Bares na La Latina no domingo. Crédito: Autor desconhecido

Estação Próxima: La Latina

 Matadero ou Mercado de los Motores

Outras duas opções para um domingo em Madri é checar a programação do Matadero, que sempre tem algo interessante. Seja uma feira com produtos orgânicos ecológicos, um show, uma exposição…algo você encontrará por lá. Muito próximo ao Matadero, está o Museu de Ferrocarril, onde acontece o Mercado de los Motores, em geral no segundo final de semana de cada mês. O mercado tem comida, roupas, peças de design.. um pouquinho de um monte de coisa, que vale a pena conhecer!

Mercado de los Motores no Museu del Ferrocarril. Crédito: divulgação

Estação Próxima: Tribunal

Exposições e cultura em La Casa Encedida

No bairro de Embajadores, está La Casa Encedida, outro lugar que vale a pena ver o que está rolando. Desde exposições, peças de teatro, workshops, cursos, shows, em resumo a programação é animada! O café de lá também é bem gostoso e tem uma terraza no último andar para aproveitar os bons dias.

Estação Próxima: Embajadores ou Lavapíes

Performance ou shows no Circo Price

Exatamente na frente da Casa Encendida, está o Teatro Circo Price. Com estrutura de anfiteatro, é lá que acontecem as performances circenses da cidade. Em geral, são mais alternativas e modernas que um circo tradicional, tendem a ser mais acrobática e teatral. Eu adoro esse programa no final de domingo para começar a semana inspirada. Acontecem alguns shows bem bacanas por lá também, já passaram pelo Circo nomes como Caetano, Jorge Drexler entre outros. A programção da primavera do Circo Price promete!

Perfomance noTeatro Circo Price. Crédito: divulgação

Estação Próxima: Embajadores ou Lavapíes

Cafés, bares e comida Indiana em Lavapíes

Lavapíes que está logo acima de Embajadores, é um dos bairros mais alternativos que vale a pena visitar. Conhecido por ter muitos imigrantes, atualmente lança moda. Vários cafés descolados estão abrindo suas portas por lá, como Pum Pum Café. Bares para todos os gostos também não faltam, curto bastante o La Boca del Lobo, que também rola showzinhos. E por fim e inevitável, pra quem curte uma comida indiano, it’s the place to be… a Calle de Lavapíes há milhões de opções. Eu acho o Shapla bastante honesto!

Estação Próxima: Lavapíes

Em resumo, coisas pra fazer não faltam na cidade, monte seu roteiro com o que mais gosta e aproveite Madri, pues merece la pena!

Foto de capa é de divulgação do Templo de Debod.

Siga Almost Locals no Instagram
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Paulinha Albuquerque

Juana La Loca, releitura de tapas em Madri

Para começar a la espanhola! Minha primeira dica é um dos meus...
Leia Mais