O que colocar na mala para Lisboa

Fazer mala não é fácil. Frequentemente a gente leva mais do que devia e erra na escolha das peças. Resultado: volta com um monte de roupa que não usou ou tem que comprar novas. Depois de um ano morando em Lisboa, acho que posso dividir umas dicas sobre o que colocar na mala de viagem para Lisboa.

Sapatos
Traga confortáveis e antiderrapantes. Há muitas ladeiras (são oito colinas) e escadinhas, há muitas ruas em paralelepípedo e as calçadas são todas de pedras (portuguesas). Algumas são tão antigas que estão lisas a ponto de brilhar e provocar escorregões. A maior parte das portuguesas que eu vejo de salto usa plataforma com salto grosso. Ou seja, aquele seu salto agulha incrível pode ficar no armário mesmo.

Roupas de outono / inverno
Sabe aquela história que um monte de gente fala sobre ‘se vestir em camadas, tipo cebola’? A ideia é que você saia com várias peças de roupa que possa tirar ao longo do dia, porque os lugares são aquecidos. Então, aqui em Lisboa apenas os lugares mais novos são aquecidos. Mesmo assim, algum deles (se você é friorento, pergunte no hotel antes de reservar). Na prática isso quer dizer que em alguns ambientes fechados você vai precisar das muitas peças. Talvez não do casaco mais pesado, mas das outras peças com certeza. Já se for um dia ensolarado, vai poder dispensar o casacão. Essa também é uma época chuvosa, pode ser bom providenciar algo com capuz ou uma capa.

Malas em Lisboa
As minhas malas em Lisboa (mas eu não vim de férias, hein!). Foto: Instagram / @mottaflavia

Seis boas sorveterias em Lisboa para você conhecer

Roupas de primavera / verão
As temperaturas em Lisboa podem variar 10°C (ou mais) em um mesmo dia. As manhãs são frescas – para a carioca aqui, às vezes são frias mesmo – e o horário de pico do calor, no verão, é por volta das 16h. O sol se põe por volta das 21h no auge do verão, mas se for um dia de vento, vai esfriar mais cedo. Parece que eu peguei um verão mais frio que a média, agora em 2015, mas eu cheguei a sair de casaco de couro em julho. Poucas vezes não usei pelo menos um casaquinho à noite. Traga roupas frescas para caminhar durante o dia, mas não esqueça o casaco.

Conheça quatro produtos de beleza portugueses cheios de história

‘Beauté’
Eu acho as mulheres bem low-profile aqui em Lisboa, não muito montadas. Isso para dizer que você pode fazer uma necessaire enxuta. Se bater carência e você quiser caprichar no ‘look trava’, encontra boas lojas para renovar seu arsenal nos Armazéns do Chiado, no Príncipe Real e no Centro Comercial Colombo.

Mochilão ou mala de rodinha?
Eu acho essa pergunta dificílima de responder. Sugiro ponderar em que andar você ficará hospedado, já que é raro encontrar prédios com elevador em Lisboa; se a rua onde vai se hospedar é acessível a carros; se há escadas no caminho até o lugar onde você vai se hospedar. Também tenha em mente que, como é costume acontecer, há muitas escadas nas estações de metrô. 

A foto que abre este post é de Flávia Motta (Instagram / @mottaflavia)


Quer saber mais sobre o que visitar em Lisboa? Entre em contato e saiba como ter um guia de Lisboa personalizado, com o Almost Locals Experience.

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Flavia Motta

5 programas diferentes para você fazer em Roma

Roma é muito mais que o Coliseu e os Museus do Vaticano....
Leia Mais