BCN: 10 motivos para ir ao Sónar 2015

É junho e, em Barcelona, isso só significa uma coisa: Sónar. Há 22 anos, o festival de música eletrônica “comanda” a cidade por um final de semana e vira o centro nervoso da cena musical europeia. Este ano, o Sónar acontece entre os dias 18 e 20 de junho e deixamos aqui nossos 10 motivos para ir ao festival.

Tá calor, gente!

Se no Primavera Sound o esquema era levar um casaquinho extra por precaução, no Sónar a receita é pouca roupa, óculos de sol e protetor solar. O calor já está se sentindo em casa, existe um sol pra cada pessoa em Barcelona e as noites são de verão. Quer motivo melhor prase jogar?

Sónar Day

Vibe tranquilona do Sónar Day. Crédito: Sónar
Vibe tranquilona do Sónar Day. Crédito: Sónar

É no Sónar Day, debaixo do solzão de Barcelona, que o Sónar mostra o seu lado mais charmoso: boa música, grama verde (ainda que artificial), cerveja gelada e gente bonita. A quebradeira musical dá lugar a um som mais tranquilão e boa parte do público passa a tarde sentado na grama, bebericando bons drink e curtindo artistas do naipe de Gramatik e HotChip.

Gente do mundo inteiro

Só no meu círculo de amigos, há gente vindo do Brasil, de Londres, dos Estados Unidos e até da Índia só para o Sónar e esta é a síntese do festival: uma mistureba deliciosa de gente de tudo quanto é canto, com tudo que é estilo. Todo mundo ali só para se divertir.

A volta do The Chemical Brothers

The Chemical Brothers no Sónar 2010. Crédito: Sónar
The Chemical Brothers no Sónar 2010. Crédito: Sónar

A grande atração desta edição é a volta do duo inglês que, depois de muitos anos sem novidade, irá estrear seu novo show com exclusividade no Sónar. Pra relembrar os seus tempos de estudante clubber com o cabelo azul.

Sónar + Red Bull Music Academy

SonarDôme: Sónar, Red Bull Music Academy e os novos talentos da música eletrônica. Crédito: RBMA
SonarDôme: Sónar, Red Bull Music Academy e os novos talentos da música eletrônica. Crédito: RBMA

Sónar e Red Bull se juntaram para criar o SonarDôme, um palco da jornada diurna do festival que apresenta os novos talentos da música eletrônica, com a curadoria certeira da Red BullMusic Academy, o braço musical da marca. Sons novos, experimentais e a oportunidade de conhecer em primeira mão o que todo mundo vai escutar no próximo ano.

Duran Duran

O momento nostalgia desta edição fica por conta da apresentação do Duran Duran, que há mais de 10 anos não faz um show na Espanha. A nova apresentação do grupo britânico vai incluir antigos hits e, quem sabe, alguma novidade do novo álbum, que tem Mark Ronson eNile Rodgers como produtores.

Workshop do Sónar+D,  o lado "nerd" do festival. Crédito: Sónar
Workshop do Sónar+D, o lado “nerd” do festival. Crédito: Sónar

O Sónar vai muito além da música e inclui tecnologia, criatividade e novas mídias. O Sónar+Dé uma “feira de ciências” moderna, onde você pode assistir a palestras, participar de workshops e até encontrar um investidor para o seu projeto. Entre os participantes desta edição estão startups do Vale do Silício, estúdios de design e grandes empresas como o Pinterest. Vale a pena consultar o calendário e as conferências.

Aranha gigante high tech

Instalações visuais impressionantes sempre fizeram parte do lineup do Sónar que, este ano, tem como destaque a Nyloïd, uma aranha high tech com patas de mais de 6 metros que se movimentam por ondas sonoras.

Manicômio virtual

O Realities+D, novo espaço do festival dedicado exclusivamente a projetos de realidade virtual, irá apresentar o filme “Catatonic”, uma mistura sinistra de filme de terror e realidade virtual. “Amarrados” em uma cadeira de rodas, os espectadores serão levados por passeio em um manicômio americano dos anos 50. O projeto fez tanto sucesso que já foi até tema de matéria da Wired, a bíblia dos geeks.

Lineup de primeira

Röyksopp & Robyn no Sónar Night de 2014. Crédito: Sónar
Röyksopp & Robyn no Sónar Night de 2014. Crédito: Sónar

 

Porque, no final, o que a gente quer é dançar até o pé doer e os organizadores do Sónar sabem fazer isso como ninguém. Tem house bailável e feliz com Jamie XX, quebradeira com Skrillex, psicodeliacom Evan Christ, hip hop com A$AP Rocky e FKA Twigs, e finesse pura com Laurent Garnier,Roman Flugël e Daniel Avery. E isso é só a ponrtinha de um lineup que vai fazer quase 100 mil pessoas dançarem sem parar por 3 dias.

Gosta de festivais? Temos boas dicas para você em Lisboa, Berlim e Chicago.

Siga Almost Locals no Instagram
Não perca nenhum post Almost Locals no Twitter
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Amanda Foschini

BCN: Barcelona, paraíso do skate

Skatistas do mundo, Barcelona foi feita para vocês (e vocês provavelmente já...
Leia Mais