Seis respostas para perguntas sobre morar em Portugal

Morar em Portugal

Não sei o que aconteceu (ok, tenho uma vaga ideia) mas de uns tempos pra cá cresceu exponencialmente a quantidade de conhecidos considerando vir morar em Portugal e me enviando perguntas sobre a vida aqui. Como as perguntas se repetem muitas vezes, eu resolvi reunir aqui as respostas que eu dou sempre. Senta,  porque vai ser textão. 🙂

Dez coisas que você deve saber antes de vir a Lisboa

1. Você gosta de morar em Portugal?

Como eu vivo em Lisboa, a capital do país, não posso falar sobre as outras cidades. Mas, sim, eu adoro morar aqui. Tinha vindo a Portugal para 20 dias de férias em 2014 e fui embora triste, chorando no táxi que me levou ao aeroporto de Lisboa. Não imaginava que em menos de seis meses estaria voltando para morar. O plano inicial era ficar um ano, mas nós acabamos nos adaptando tão bem que resolvemos estender a estadia. Lisboa é cosmopolita, ainda pode ser percorrida a pé, é solar e acolhedora. Apaixonei.

Cinco razões para Lisboa ser seu destino de férias

2. Por que você foi morar em Portugal?

 

Em vim morar em Portugal porque já tinha um tempinho que eu tinha planos de passar uma temporada fora do Brasil e a Europa sempre foi minha primeira opção. Quando surgiu a oportunidade de sair do país, eu juntei o útil ao agradável e vim fazer uma pós-graduação aqui (Gestão de Marketing, Comunicação e Multimédia no Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa). A opção por Lisboa foi baseada em fatores bem práticos: eu tenho cidadania portuguesa e o custo de vida aqui é mais baixo do que em outras capitais europeias. Além disso, tinha meu encantamento por Lisboa. <3

Veja as 12 razões por que me apaixonei por Lisboa

3. Quanto custa alugar apartamento em Lisboa?

Desde que me mudei para cá, em setembro de 2014, o valor dos imóveis subiu um bocado tanto para compra quanto aluguel (que aqui eles chamam de arrendamento). Então eu perdi a noção do preço. Para buscas, eu recorro ao Casa Sapo, Idealista.pt e OLX.pt. O Idealista e o OLX costumam ter anúncios de quartos para alugar. Uma outra opção para estudantes é recorrer à Uniplaces, um AirBnb para universitários, mas que eu acho caro. É possível encontrar imóveis ‘mobilados’ com alguma facilidade em Lisboa e a nomenclatura aqui funciona assim: T0 = conjudado / estúdio; T1 = quarto e sala; T2 = dois quartos e por aí vai…

Saiba quais são os cinco hábitos que eu mudei quando vim morar em Lisboa

4. Onde é bom de morar em Lisboa?

Isso é muito relativo, porque depende do estilo de vida de cada um. Eu gosto de fazer tudo a pé e de morar no meio do burburinho, por isso sempre acho melhor morar mais no centro, que aqui é totalmente diferente dos centros do Rio ou de São Paulo, por exemplo. Outra coisa é que os transportes não são bem conectados aqui, então morar mais distante vai te fazer perder mais tempo nos deslocamentos (às vezes muito mais, mesmo que a distância não seja tão maior assim) e gastar mais dinheiro. O passe mensal mais barato para os transportes custa 35,65 euros e dá acesso a todos os meios dentro da coroa L, que você vê na foto acima. Eu curto os bairros da linha verde e da linha azul do metro nessa zona mais central. Mas, como em qualquer lugar, cada bairro tem vantagens e desvantagens para viver. Morar no centro custa mais caro, morar afastado pode te deixar alheio ao que acontece na cidade. O que eu costumo sugerir é que a pessoa venha com uma casa alugada por pelo menos um mês para procurar o imóvel ‘definitivo’ já aqui.

Confira a listas das coisas que me incomodam em Lisboa

5. Você já sentiu preconceito dos portugueses?

 

Eu nunca senti, mas sei que existe. Além dos comentários pejorativos que vejo ocasionalmente em sites portugueses (sim, eu leio os comentários), há pessoas reticentes em contratar brasileiros ou alugar casas para nós apenas por sermos brasileiros. Tem uma história que tanta gente conta que eu já cataloguei como lenda urbana, de uma família brasileira que alugou um apartamento em Portugal e depois que venceu o visto voltou para o Brasil levando tudo o que podia da casa. Mas também já ouvi alguns relatos de preconceito em especial em relação à mulher brasileira, vindo de portugueses e portuguesas. 

Mitos e verdades sobre os portugueses

6. É fácil arrumar trabalho em Lisboa?

Depende. O esquema é ‘topa tudo por dinheiro’? Relativamente fácil. Bicos sempre aparecem. Num esquema mais formal, eu vejo muitos brasileiros trabalhando nos restaurantes, em lojas e em salões de beleza daqui de Lisboa. Até em alguns call centers – o Netflix, por exemplo, tem uma grande central de atendimento para o Brasil em Lisboa, onde (quase) todo mundo é brasileiro.

Na área de tecnologia também há oportunidades de trabalho, embora os salários não sejam melhores que no Brasil (mesmo fazendo a conversão adequada). Por outro lado, o custo de vida é mais baixo e o estilo de vida mais, descomplicado. Tem gente que acha que compensa. Já em outras áreas pode ser mais difícil. Algumas profissões precisam validar o diploma e outras ainda têm uma barreira cultural difícil para superar. Se você é jornalista, como eu, vai perceber que a língua é mesma mas o vocabulário é diferente e a estrutura do pensamento também.

E se você não tiver visto de trabalho pode prever mais complicação nisso tudo que eu disse acima. A solução, para alguns, é empreender aqui. Se você tiver cidadania portuguesa, como eu – e por isso não sei absolutamente nada sobre vistos – não vai ter problemas com autorização para trabalho mas vai enfrentar as ‘barreiras culturais’ como qualquer imigrante.

Links que podem ser úteis para quem está pesquisando sobre morar em Portugal

Para saber sobre vistos para morar em Portugal: Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF)Embaixada de Portugal, Casa do Brasil

Para procurar casas para alugar em Portugal: Casa Sapo, OLX, Idealista, Uniplaces

Para ter uma noção de quanto custam as compras de supermercado em Portugal: Pingo Doce, Continente

Para procurar trabalho em Portugal: NET Empregos, Landing.jobs (na área de TI), Cargas de Trabalho  (na área de Comunicação), Sapo Emprego, LinkedIn

Para trocar experiências e impressões e tirar dúvidas sobre morar em Portugal: Brasileiros em Portugal, Saindo do Brasil: Portugal

A foto que abre esse post mostra a Baixa de Lisboa vista do Elevador de Santa Justa e é de Flávia Motta.


Quer saber mais sobre o que visitar em Lisboa? Entre em contato e saiba como ter um guia de Lisboa personalizado, com o Almost Locals Experience.

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Flavia Motta

Visitamos a 8ª Colina, cervejaria artesanal no coração da Graça, em Lisboa

A Graça é um bairro de Lisboa que guarda alguns segredos nas...
Leia Mais