Cinco mitos e verdades sobre Amsterdã (Parte II)

Para dar continuidade ao nosso primeiro post sobre “Mitos & Verdades” para quem visita Amsterdã, fomos à caça de mais alguns assuntos polêmicos sobre a cidade. Gostaria de adicionar algum à lista? Escreva nos comentários, adoramos ouvir as experiências e opiniões dos leitores!

1. Amsterdã é uma louraça de olhos azuis

Mito. E mito dos grandes! Esmagado com força pelas 176 nacionalidades acolhidas pela cidade.

Créditos: Wolfgang Wiggers
A (já) miscigenada praça do Dam em 1970 Foto: Wolfgang Wiggers

2. Amsterdã é aconchegante

Verdade. E palmas para quem não te julga se você chegar e pedir apenas um café, a senha do wi-fi e ficar a tarde inteira sem consumir mais nada. Nem os empregados, nem o patrão e nem outros clientes, te olham torto e nem te diminuem como cliente. E se, sentadinho(a) no café, você pedir uma fatia de torta de maçã (apple taart) para acompanhar  o café com leite (koffie verkeerd) ganhará também 10 pontos positivos como viajante, por optar por algo bem mais autêntico que Mc Donalds. Não existe essa de 10% de serviço em bares e restaurantes, mas nem por isso o trabalho que é feito na grande maioria das vezes por estudantes, é pior ou melhor. A maioria dos garçons e garçonetes tenta o seu melhor para agradar, sem aquele interesse na gorjeta.

IMG_1031
Foto: Priscilla Dieb

3. Amsterdã é muito cara

Mito e verdade. Transporte é caro, taxi é caro, restaurantes caros são… caros. Mas quem faz a tarefa de casa, pode achar dicas e alternativas para usufruir da melhor maneira de uma viagem, dentro do orçamento.

A banheira banhada a ouro da suite mais cara de Amsterdã (Hotel Guindaste Faralda). Créditos: Priscilla Dieb
A banheira banhada a ouro da suite mais cara de Amsterdã (Hotel Guindaste Faralda). Foto: Priscilla Dieb

4. Em Amsterdã chove muito 

Verdade. Chove e é muito frio durante o inverno. Mas a cidade não para por isso: bares, clubs e eventos durante o outono e inverno passam a ter programação dedicada eLife goes on!  Lembro (e até hoje morremos de rir) de um dos primeiros dias de outono que passei no país, e como cearense da gema que sou, claro que fiquei esperando a chuva passar para poder sair. Quando o amigo ligou e perguntou o motivo do atraso e lhe falei “estou estou esperando a chuva passar um pouco”, ele respondeu: “ok, então te vejo daqui oito meses, querida!”.

Créditos: Priscilla Dieb
Foto: Priscilla Dieb

5. As pessoas em Amsterdã são educadas e gentis

Mito e verdade. Não existe fila para nada e os holandeses adoram passar na frente dos outros quando existe uma. Por outro lado aceitam que outros também façam o mesmo sem gerar polêmica. No geral falam alto quando estão em público e adoram chamar atenção. Não existe prioridade para gestantes, idosos e muito menos mães com crianças. Perdi a conta de quantas vezes tive que me impor para obter os lugares reservados. Mas gostam de dar informações e falam inglês sem nenhum problema com os estrangeiros.

Créditos: AFP/Getty Images
Foto: AFP/Getty Images

*Foto em Destaque: Cor Jaring

Siga Almost Locals no Instagram
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Priscilla Cavalcante

LIS: Lisboa Dance Festival, música eletrônica Portuguesa para o mundo

Escute aqui o nosso playlist do Lisboa Dance Festival enquanto lê: O Lisboa...
Leia Mais

1 Comment

Os comentários estão fechados