Morar em Londres: Londres é contra o Brexit

Essa semana, o Reino Unido foi às urnas para votar se ficava ou saía da União Européia. Infelizmente, o Brexit ganhou e o mundo está em assustado e com cara de interrogação. Ninguém sabe o que vai acontecer daqui para frente com o Reino Unido e com o resto da Europa. Nós, do Almost Locals, somos a favor de uma Europa unida e sem fronteiras. O que mais decepciona é onda de preconceito contra imigrantes que tomou a Inglaterra nas últimas semanas. Certa vez, recebi uma carta da UKIP na minha casa, com meu nome nela, com uma mensagem que imigrantes (assim como eu) estavam roubando empregos de ingleses. Dá um nó na garganta em ver oportunistas se apropriando de argumentos equivocados, quando os números não sustentam essa idéia. Ser um estrangeiro pode ser difícil.


Quer saber mais sobre o que visitar em Londres? Entre em contato e saiba como ter um guia de Londres personalizado, com o Almost Locals Experience.

IMG_6749

Foto: Almost Locals

Mas, se a Inglaterra é uma ilha, Londres é uma ilha dentro do próprio país. A boa notícia é que a cidade foi contra o Brexit, com 60% da população votando a favor da permanência do país na União Européia. A cidade afirma sua posição de uma cidade global e aberta, contra o pensamento provinciano. De olho nos resultados, contamos quais são as 5 áreas de Londres mais fortes contra o Brexit. Nelas, provavelmente ser um estrangeiro não significa receber olhares e comentários de desaprovação. Morar em Londres nesses bairros é uma boa idéia se você quiser ser recebido de braços abertos.

Lambeth

Brixton-Academy

Foto: Ewan Munro/Flickr

Lambeth é o distrito preferido de muitos imigrantes que escolhem morar em Londres. A área concentra o maior número de imigrantes portugueses na cidade. Brixton, um dos maiores distritos da zona, recebeu uma grande parte de imigrantes da Jamaica e outras áreas colonizadas pelos Ingleses, as West Indies. Perto do centro da cidade e com preços mais amigáveis para viver, Lambeth é uma zona diversa e colorida e 78,6% de seus moradores votaram contra o Brexit.

Hackney

Broadway-Market

Foto: Pablo Cuneo/Flickr

Provavelmente é a zona mais hipster de Londres, com bairros como Dalston, Hoxton, Shoreditch e Stoke Newington. É uma área onde jovens artistas dividem espaço com imigrantes de diversas zonas do mundo e todo mundo convive numa boa. A comunidade turca se concentra em Dalston e a vietnamita, na área da Kingsland Rd. Ou seja, se você quiser comer boa comida desses dois países, já sabe onde ir. Com 78,5% da população contra o Brexit, Hackney é um dos distrito mais cabeça-aberta para morar em Londres. 

City of London

City-of-London

Foto: Diamond Geezer/Flickr

Como não poderia ser diferente, 75,3% dos moradores City Londrina votaram contra o Brexit. É o distrito financeiro da cidade e com leis à parte, o mais rico e internacional de Londres. Quem trabalha na bolsa e em outras instituições financeiras, é no geral contra a saída do país da União Européia. Provavelmente, muitos moradores da City vão buscar casa em outros países em breve, já que muitos empregos do mercado financeiro europeu vão migrar para terras mais amigáveis. Fizemos um rolê arquitetônico e histórico pela City of London e contamos como é estar na ilha dentro da ilha, dentro da ilha. Morar em Londres nessa área é complicado de caro, mas para visitar, já sabe!

Islington

Islington

Foto: Sang Hee/Flickr

Esse distrito é mais familiar e menos badalado que Hackney, com zonas como Finsbury, Angel e Kings´Cross. A área de Angel perto da Camden Passage é ótima para dar um passeio e Kings´Cross está cheia de atrações, bares e museus super bacanas para visitar.  Ao norte da cidade, 75,2% dos moradores de Islington foram contra o Brexit. Morar em Londres nessa área é uma delícia, com muitas casas tipicamente Vitorianas, pubs e restaurantes.

Camden

Camden-Town

Foto: Michael Summers/Flickr

Uma das zonas mais animadas da cidade para quem gosta de festas e rock, 74,9% do distrito de Camden votou contra o Brexit. O distrito tem um serviço especial para ajudar a exilados e imigrantes e é uma área para quem busca diversidade. Essa zona, ao norte da cidade, foi berço do Britpop, o bairro onde Amy Winehouse vivia e tem muitas histórias do rock para contar. Morar em Londres em Camden é estar de cara para a festa 24 horas por dia.

E quais bairros em Londres foram a favor do Brexit?

Dos 33 distritos de Londres (contando com a City), apenas 5 votaram a favor do Brexit: Hillingdon, Havering, Barking and Dagenham, Bexley e Sutton. Se você planeja morar em Londres, já sabe as áreas onde provavelmente, não será bem-vindo.

Foto de destaque: Duncan C/Flickr

Siga Almost Locals no Instagram
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

 

 

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Sarah Oliveira

LON: Compras para enfrentar a chuva em Londres

Se você pensar em 3 coisas que definem Londres, com certeza a...
Leia Mais