Lisboa em novembro: como aproveitar a cidade

Parque das Nações, em Lisboa. Foto: Flávia Motta
Parque das Nações, em Lisboa. Foto: Flávia Motta

Novembro é o mês que marca oficialmente a chegada do frio em Lisboa. Se em outubro a gente ainda se safa com uns dias quentes (em especial no início do mês, embora em 2017 tenha dado praia até o dia 30), em novembro a cidade começa a mergulhar de cabeça no clima do inverno. Os dias já estão mais curtos, com o fim do horário de verão, a brisa que vem do Tejo já é mais um vento frio do que mesmo uma brisa, e o céu já oscila mais entre o azul e o cinzento. Há, no entanto, uma ótima notícia para quem vem a Lisboa em novembro: a cidade oferece uma série de eventos imperdíveis. Se você vai estar em novembro em Lisboa, cola aqui nessas dicas.

O que colocar na mala para Lisboa

Shakira se apresenta na Altice Arena. Foto: Andres Arranz / Wikipedia CC BY 2.5
Shakira se apresenta na Altice Arena. Foto: Andres Arranz / Wikipedia CC BY 2.5

O que fazer em Lisboa em novembro

O mês começa com um dos eventos de tecnologia mais importantes da Europa, o Web Summit. Milhares de pessoas se reúnem de 6 a 9 de novembro na Altice Arena, para uma série de conferências, palestras e conversas sobre futuro, saúde, sociedade, cultura, economia e outros temas, sempre tendo a tecnologia como fio condutor. Há uma série de eventos paralelos e não oficiais agitando a cidade e espere encontrar uma galera tech ávida por fazer conexões nos pontos mais boêmios de Lisboa, com o Bairro Alto e o Cais do Sodré.

Do Bairro Alto a Santos, um passeio pelos bairros boêmios de Lisboa

Outro evento tradicional de novembro em Lisboa é o Mexefest, um festival itinerante que ocupa diversos espaços no entorno da Avenida da Liberdade durante um fim de semana (dias 24 e 25). O line-up é sempre um pouco mais alternativo e um nome hype da cena musical brasileira costuma compor o cartaz. Em 2017, Liniker e os Caramelows estão entre as atrações do festival, que traz ainda as espanholas do Hinds, a excelente banda portuguesa Orelha Negra e o trabalho sensível de Benjamin e Barnaby Keen, entre outros nomes.

Mexefest: um festival imperdível em Lisboa

E como a música brasileira tem lugar cativo no coração dos portugueses, novembro tem outro grande programa do gênero: Gal Costa apresente no Campo Pequeno o show Espelho D’Água, que celebra seus 50 anos de carreira. Para quem prefere uma atração mais mainstream, no dia 22 de novembro, Shakira leva o seu rebolado para a Altice Arena, em show da turnê El Dorado. Ainda há bilhetes à venda, a partir de 50 euros.

Obra de Bordalo II. Foto: Flávia Motta
Obra de Bordalo II. Foto: Flávia Motta

Arte feita de lixo, Miró e o design brasileiro

O mês de novembro marca o lançamento da primeira exposição do artista Bordalo II. Um dos expoentes da cena de arte urbana portuguesa – com várias obras executadas em Lisboa – ele reúne obras criadas especialmente para a ocasião no Beato, uma zona em revitalização na cidade. Bordalo II trabalha com sucata e estima-se que em quatro anos de carreira tenha reaproveitado 28 toneladas de lixo. Sua mostra, Attero, fica em cartaz de 4 a 26 de novembro.

O que fazer em Lisboa. Descubra o essencial da cidade

No Palácio Nacional da Ajuda, a exposição Materialidade e Metamorfose segue com 85 obras do artista catalão Joan Miró. Inaugurada no Porto, a mostra reúne pinturas, esculturas e outros trabalhos de Miró produzidos entre 1924 e 1981 e é a maior já realizada sobre o artista.

Já no Palácio dos Condes da Calheta, o design brasileiro está em evidência, com a mostra Como se Pronuncia Design em Português: Brasil Hoje. Dentro do projeto MUDE Fora de Portas, o Museu do Design e da Moda de Lisboa leva para o Jardim Botânico de Belém uma seleção de produtos, projetos e imagens que simboliza o jeito brasileiro de trabalhar o design. A mostra fica em cartaz até 31 de dezembro.

Vinícolas em Portugal: sugestões para um bate-volta a partir de Lisboa

'Frida': em exibição na noite mexicana. Foto: Reprodução
‘Frida’: em exibição na noite mexicana. Foto: Reprodução

Comer, beber e assistir

De 10 a 30 de novembro Lisboa recebe uma nova edição do The New Art Fest, um festival que se propõe a promover o encontro entre arte e tecnologia. Este ano, 50 autores vão participar do evento com obras e discussões sobre o tema Lisboa Cidade Aberta. O Museu Nacional de História e Ciência é o epicentro do festival.

Três dias em Lisboa: dez coisas que você não pode deixar de fazer

No dia 12 de novembro, a produtora Cine Society faz uma noite mexicana no Village Undergound. O espaço recebe a taqueria Pistola y Corazón como anfitriã de um evento que terá jantar típico, exibição do filme “Frida” e uma banda mexicana ao vivo. E de 15 a 20 de novembro, o Festival Internacional de Música Cinema ocupa o Cinema São Jorge, com uma seleção de filmes portugueses que têm a música como foco central.

Para os amigos do vinho, novembro é quando acontece um mercado já esperado na cidade. Organizado pela Revista de Vinhos, o Encontro com Vinhos e Sabores vai reunir 400 produtores de diversas partes do mundo para provas, conversas e mais no Centro de Congressos de Lisboa, de 10 a 13 de novembro.

Por dentro de um mercado de vinhos em Lisboa

Como se vê, motivos não faltam para estar em Lisboa em novembro.

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Flavia Motta

Rio Maravilha: um gastrobar cheio de borogodó em Lisboa

A palavra-chave aqui é convívio. É o encontro de pessoas a essência...
Leia Mais