Por que eu preciso voltar ao Clube Ferroviário, em Lisboa

Terraço do Clube Ferroviário. Foto: Facebook / Clube Ferroviário
Terraço do Clube Ferroviário. Foto: Facebook / Clube Ferroviário

O Clube Ferroviário está temporariamente fechado.

Há tempos eu vinha acompanhando a agenda dele no Facebook, confirmando presença em eventos a que eu não poderia ir, curtindo fotos que só me faziam ficar mais ansiosa por conhecê-lo. Pois há 15 dias, enfim, eu fui ao Clube Ferroviário.

O Clube Ferroviário fica colado na Estação de Santa Apolônia, que serve ao metro e aos trens e fica bem à beira do Tejo. Mas sua posição é um nível acima, o que faz com que seu terraço ofereça uma vista privilegiada do rio.

Antes de pedir um café, confira nosso pequeno dicionário da ‘cafetaria’ lisboeta

Logo à entrada do Clube Ferroviário eu me senti em casa. Ou melhor, na Lapa, no meu querido Clube dos Democráticos. O Ferroviário tem essa vibe de clube antigo, com salões piso de mármore e móveis retrô. Nas paredes, uma colagem de cartazes antigos da casa dá cor ao lugar.

Mas é no terraço que fica a graça do Clube Ferroviário. A área de mesas traz mobiliário de vagões de trem, com poltronas numeradas e mesinhas de viagem. Há ainda um espaço aberto ali no canto, num clima meio lounge (mas sem frescura, se faz favor) num tapete de grama sintética, um ambiente perfeito para dançar sob a luz da lua. 

Clube Ferroviário. Foto: Facebook / Clube Ferroviário
Clube Ferroviário. Foto: Facebook / Clube Ferroviário

Conheça o Park, um bar bacana no topo de um edifício garagem em Lisboa

Chegamos num fim de tarde que deixou o céu num cor de rosa tão poético que eu nem me lembrei de fotografar, a mim bastou admirar. Nos nossos copos, gin tônico – a bebida da moda em Lisboa e à qual eu aderi com gosto. No som, Irmãos Makossa num set cheio de africanidades.

Aliás, pela agenda que acompanhei do ferroviário – e ainda não pude conferir pessoalmente – a música africana é recorrente por ali. Mais um motivo para voltar.

Clube Ferroviário
Onde: Rua de Santa Apolónia 59-63
Tel.: +351 218134656
Horário: Segunda a quarta, das 17:00 às 2:00; quinta e sexta, das 16:00 às 4:00; sábado, das 12:00 às 4:00; domingo, das 12:00 à 0:00.

Siga Almost Locals no Instagram
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Flavia Motta

LIS: Temporada de shows ao ar livre e de graça em Lisboa

Para a carioca aqui os termômetros em Lisboa ainda estão longe de...
Leia Mais