LIS: Lisboa na Rua encerra o verão com um mês de festa

Teatro das Compras na Bacalhoaria Silva. Foto: José Frade / Divulgação EGEAC
Teatro das Compras na Bacalhoaria Silva. Foto: José Frade / Divulgação EGEAC

Parece que foi ontem que eu estava aqui escrevendo sobre as Festas de Lisboa e todo o frenesi do mês de junho nessa cidade. Pois chega o fim do verão e você pensa que acabou? Que nada, nessa reta final da estação mais quente do ano, começa o Lisboa na Rua: um mês de eventos gratuitos e ao ar livre, com (muita) música, teatro, performance artística…

*Pausa para eu suspirar de amor*

O Lisboa na Rua começa nesta quinta, 20 de agosto, e vai até 20 de setembro. A programação em detalhes você confere aqui. Mas logo abaixo eu te dou os highlights do evento. (Vai lá pegar um café, que o post é grande)

Conhece o pequeno dicionário da cafetaria lisboeta?

A Arte da Big Band – No projeto que abre a programação, bandas de jazz formadas por quase 20 músicos se revezam. A série de shows acontece sempre às quintas-feiras, em endereços diversos. Uma das grandes atrações é a Thoneline Orchestra, alemã, que se apresenta no Largo da Estação do Rossio, dia 3 de setembro, às 19h

Noites de VerãoToda sexta, às 19h30, o Jardim das Esculturas do Museu do Chiado recebe shows. O evento já vem acontecendo desde meados do verão mas ganha força neste último mês. Quem fecha a série de apresentações é o DJ grego Bill Kouligas, no dia 4 de setembro.

Sou do FadoCinco concertos de fado, dos clássicos aos contemporâneos, vão ocupar o Largo do Teatro São Carlos às sextas e sábados às 21h30, a partir do dia 21 de agosto. Eu não conheço os fadistas mas conheço essa praceta do teatro, e se é linda sem música, imagino com os acordes da guitarra portuguesa e a dramaticidade do fado…

Clássicos na RuaA Orquestra Metropolitana de Lisboa se apresenta em diferentes endereços, em formações variadas, promovendo um passeio por estilos diversos, que vão do ragtime dos anos 1920 a Jimmy Hendrix. Em todos os sábados do Lisboa na Rua, às 19h, em diversos locais.

KiosquoramaO projeto começou na França, em coretos de jardins, e passa por Lisboa pela segunda vez, com a mesma ideia de ocupação e trazendo novos talentos da música francesa. Villa Hobo, Kiz e Gerald Kurdian são as atrações que se apresentam nos dias 22 e 23 de agosto.

Heróis do Mar: filme cujo som foi perdido terá sonoplastia ao vivo na exibição
Heróis do Mar: filme cujo som foi perdido terá sonoplastia ao vivo na exibição

 

Fitas na Rua – Sempre aos sábados e domingos, às 22h, Lisboa se exibe no cinema. A cidade é o tema da seleção de filmes deste ano, que traz, entre outros, o francês “Os Amantes do Tejo”, com a fadista Amália Rodrigues em cena, e até um 007, “Ao Serviço de sua Majestade”, que tem James Bond de férias em Lisboa. Mas o que promete ser especial é a exibição de “Heróis do Mar”, filme português de 1949, cujo som se perdeu e será apresentado com atores e músicos fazendo a sonoplastia ao vivo. Será no dia 22 de agosto.

Fuso – De 25 a 30 de agosto, sempre à noite mas em horários diversos, o festival internacional de videoarte ocupa jardins e claustros de museus em Lisboa. As ruínas do Museu do Carmo e a Praça do Carvão, do Museu da Eletricidade, estão no mapa desse projeto.

Vicente – Padroeiro da cidade de Lisboa, São Vicente é reinterpretado numa série de performances e instalações feitas por artistas de diversas nacionalidades. Sagrado, Corpo e Imagem são os temas que norteiam as criações. A partir do dia 3 de setembro.

Entrada LivreO Teatro Nacional Dona Maria II começa sua nova temporada com um fim de semana de portas abertas – entre 11 e 13 de setembro. Haverá leituras de textos, oficinas e teatro infantil, pré-estreias, música na varanda e algo muito legal que é o Teatro de Compras. Trata-se de uma série de peças curtas que acontecem em lojas de comércio tradicionais da Baixa, como a Manteigaria Silva e a Loja das Conservas. Eu já assisti a um trecho por acaso. É muito curioso ver o ator em cena enquanto o comerciante vende seus queijos e enchidos.

Projeto Flâneur. Foto: Divulgação / Procur.arte
Projeto Flâneur. Foto: Divulgação / Procur.arte

 

Flâneur – O Largo do Intendente (sempre ele, que bom!) é palco de uma intervenção de fotógrafos que faz parte do projeto europeu de arte Flâneur – Novas Narrativas Urbanas, que já passou por Londres e Hamburgo. De 11 de setembro a 5 de outubro.

Cidade das TradiçõesO Centro de Portugal – zona que abrange Fátima, Coimbra e a Serra da Estrela, entre outras regiões – mostra seu folclore, artesanato, música e dança. E meu palpite é de que vai mostrar sua comida também. De 18 a 20 de setembro no Parque de Jogos 1º de Maio.

Orquestra Gulbenkian – Há mais de 50 anos em atividade, essa orquestra faz um concerto clássico a céu aberto, na Praça do Município, encerrando oficialmente o verão lisboeta, dia 20 de setembro, às 19h.

A foto que abre este post mostra o Teatro das Compras na Bacalhoaria Silva e é de José Frade / Divulgação EGEAC.

Siga Almost Locals no Instagram
Não perca nenhum post Almost Locals no Twitter
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Flavia Motta

Lisboa em outubro: como curtir o início do outono na cidade

Chega outubro em Lisboa e o verão vai se tornando uma lembrança...
Leia Mais