Huerto de Lucas, mercado e restaurante orgânico com cheirinho de mato em Madri

Como em várias cidades, o mundo eco também tem forte presença em Madri e cresce a cada dia. Essa semana conheci o El Huerto de Lucas, eu fui duas vezes na mesma semana! Este mercado de comida orgânica e restaurante está em Chueca, um dos bairros mais trendy de Madri, é quase um oásis no meio da cidade.

Da porta, não é possível ver tudo que está por vir, após a reforma de uma central de pães em que só mantiveram o chão, criaram  um espaço super agradável, com tudo ecológico e valores acessíveis.

Entrada do Huerto de Lucas com produto à granel. Foto: divulgação

Ao entrar, logo se vê o restaurante que está no centro e rodeado de postos como se fosse um mercado antigo, tradicional em Madri. Mais de 500 produtos básicos, como geleias, laticínios, azeites, chocolate, pães, conservas, bebidas e cereais. Além de uma zona de compra a granel, com mais de 30 variedade de arroz, legumes, farinhas e chás.

Variedade de produtos orgânicos secos e frescos. Foto: divulgação

Um ponto super interessante é que o mercado está aberto até as 22h para comprar também frutas e verduras ecológicas, que vem de pequenos produtores próximo a Madri, além de carnes, peixes, embutidos, também orgânicos.

O restaurante, que chamam de cantina ecológica, oferece produtos originais saborosos e acessíveis. Todos os ingredientes são os mesmos que vendem no mercado e são cuidadosamente preparados pela chef  Manu Valiente, com cozimento em baixas temperaturas e pouco processada, para que não percam  propriedades.

11223507_525464234277380_5668073595997746568_o
Falsos fideos de calabacín con pesto (falso macarrão de abobrinha). Foto: divulgação

Eu experimentei, na primeira vez que fui, o hambúrguer vegetariano feito com beterraba e quinoa e pão sem glúten, que pedi à parte e estava delicioso. Os falsos fideos de calabacín con pesto (falso macarrão de abobrinha), o risoto de cogumelos e o hambúrguer de carne orgânica também cumprirem bem seus papéis de saudáveis e gostosos.  As sobremesas também não deixaram a desejar, experimentei o bolo de cenoura, que à primeira vista não impressiona muito, mas é bem gostosinho, e o crumble de pessêgo, que esse sim, arrasa. O espaço é bem adequado também para crianças! A média de preços foi entre 15€-20€.

A decoração e a construção são um capítulo à parte. Não se utilizou nada de produto químico, e toda a iluminação provém de placas solares. O jardim suspenso ajuda a depurar o ar e dá uma sensação de nuvem vegetal. Além disso, a proposta do espaço é ser uma plataforma ECOGASTROCULTURAL, oferecendo cursos, palestras e exposições.

el-huerto-de-lucas-005
Jardim suspenso criando uma nuvem vegetal. Foto: divulgação

A segunda unidade que abriram esse mês tem a mesma proposta, mas em menores proporções. Fica no bairro de Salamanca, dentro de uma galeria fofa que tem lojinhas transadinhas e que valem o passeio. Lá também tem um mini-mercado com produtos orgânicos, mas sem feira de frutas e verduras!

El Huerto de Lucas. Calle San Lucas, 13. Metrô: Chueca ou Alonso Martínez. Tel: 91 513 54 66. Horário: todos os dias, de 9h à 1h da manhã (domingo até às 17h). Mercado de 10h às 22h (domingos de 11h às 16h).

Calle Hermosilla, 103 (Arbórea Madrid). Metro: Goya. Tel: 91 431 55 71. Mesmos horários que a matriz.

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Paulinha Albuquerque

MAD: Tandoori Station, o indiano mais suavemente picante que já fui!

Confesso que sempre fui um pouco resistente à comida indiana, porque não sou...
Leia Mais