Conheça os hábitos e horários para aproveitar melhor Madri!

Conversando com as meninas do Almost Locals sobre diferenças culturais, hábitos e horários diferentes, decidimos fazer uma série de posts úteis para você aproveitar sua viagem nas cidades onde estamos, começando por Madri.

Hora de comer! Fique atento!

Muita gente já sabe que os horários das refeições espanholas é diferente de quase todos os lugares do mundo. Em Madri não é diferente, aqui tudo começa mais tarde e acaba muito mais tarde também!

O café da manhã, que pode ser tomado em qualquer café/bar da esquina (mesmo aqueles com cara de sujinho) é 8h ás 12h. É normal que as pessoas que trabalham desçam para tomar um café próximo ao meio-dia, visto que o almoço não será antes das 14h.

O mais tradicional para pedir no café por aquí é pan con tomate y un café con leche. Quem quiser pode pedir para colocar um jamón para dar uma incrementada. Se preferir, o bom e velho pão com manteiga também é uma opção e aqui sempre vem com uma geléia. Há ainda quem peça um pedaço de tortilla para começar o dia!

dsc_1924
O famoso Pan con Tomate y café con leche

A hora do almoço normal para os espanhóis é 14h! Para quem está acostumado a comer às 12h como no Brasil, é preciso beliscar algo até se acostumar. Para quem está visitando a cidade, fique atento, pois os restaurantes abrem de 13h30 às 16h (16h30 como muito nos finais de semana) e depois disso você não consegue pedir comida, a cozinha fecha até as 20h. Se seu objetivo for almoçar legal, é preciso se organizar para não perder a hora fazendo turismo!

Já que o almoço é tarde, o jantar também será! Ninguém janta antes das 21h, e se quiser ir em algum restaurante mais badaladinho é preciso reservar, inclusive durante a semana. Normalmente, os restaurantes funcionam com dois turnos de reserva, um às 21h e outro às 23h. Depois da 23h30, será difícil encontrar uma cozinha aberta!

Entre cañas y tapas

Fide+(12)
Tapas e cañas

Mas não se preocupe, que de fome você não morrerá! Em toda Espanha, há a cultura das tapas que podem ser de diferentes tipos, como uma pequena porção de azeitonas, uma torrada com jamón ou salmón e queijo e por aí vai. A lista é infinita, assim como a variedade. Em Madri, como em algumas cidades, em qualquer bar que você pedir uma cerveja (caña) vão te oferecer uma tapa para acompanhar por conta da casa. O bom é que você pode passar o dia todo comendo tapas, que em geral já estão prontas no balcão e não precisam que a cozinha esteja aberta. Claro que à noite, depois da meia-noite, até elas podem acabar!

Ir de copas y de fiesta

Pessoalmente, eu conheço pouca gente que tenha mais pique que os espanhóis para sair à noite, beber e ficar até o sol raiar.. e muitas vezes até bem depois de raiar. Após o jantar, que pode acabar depois da meia-noite, as pessoas vão para algum bar que já rola uma música, ainda que tenha tomado vinho no jantar, a hora agora é das copas, que em realidade são os drinks. Eles não tem problema algum em misturar bebidas diferentes. O carro chefe em Madri é o Gin&Tonic, existem diversas marcas e qualidades diferentes, eu curto o G’Vine, que é mais adocicado, e também Brockman e Hendricks, que são mais secos. Os mais populares são Bombay (prefira o Sapphire, que é melhor) e o Beefter, que não amo! Não tem muito como saber, mas é comum ter álcool de baixa qualidade nos bares, ainda que estejam nas garrafas correspondentes. Torce para ser bom e não ter ressaca no dia seguinte!

Spanish style Gin and Tonic with Bluecote + mint + thyme + fever tree at Sable Kitchen & Bar.
Gin & Tonic

Essa jornada vai até umas 3h da manhã, quando esses bares começam a fechar e quem tem pique estende para as boates. Acredite: se você entrar em alguma antes das 3h, muito provavelmente estará praticamente vazia. Em Madri, tem opções para todos os estilos e gostos e o melhor: em qualquer dia semana, você vai encontrar algo para fazer, ainda que seja uma segunda. Algumas boates podem cobrar para entrar, as maiores cobram até uns 15€, com direito a uma copa, e as menores, em torno de 8€, também com um drink/cerveja. Pelo menos até às 6h você pode bailar e beber até cair! E se ainda quiser continuar, sempre tem um after que pode ir até o meio-dia!

Agora, muito cuidado, em agosto tudo pode ser diferente e pelo fato da cidade estar mega vazia, muitas lojas, serviços e restaurantes vejam. Se estiver pela cidade nesse mês, veja o que pode fazer se encontrar uma placa “Cerrado por Vacaciones”.

Gorjeta, mais conhecida como propina en español

Poucas pessoas sabem, mas em Madri, e acredito que em quase toda Espanha, os garçons não esperam por gorjetas. Exato, não existe o nosso velho 10% que já vem incluído na conta. Se você for bem atendido, pode deixar quanto quiser, como 1, 2 ou mais euros para agradecer e, se não deixar nada, ninguém vai te odiar. Eu, particularmente, sempre gosto de deixar algo nos lugares que gosto e sou bem tratada, porque sei que vou voltar!

Quer saber mais dicas úteis para andar pela cidade como se fosse um local? Vale a pena ler como usar os meios de transporte que são ótimos e como explorar a cidade com as bicicletas elétricas que estão por todos os lugares do centro.

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Paulinha Albuquerque

Cinco restaurantes incríveis no Porto – Parte 1

Depois de falar as 5 formas incríveis de conhecer a Ribeira do...
Leia Mais