Guia de ano novo em Berlim

Ano novo no hemisfério norte é completamente diferente do que conhecemos no Brasil por uma razão bem simples: é frio. Não dá para se vestir de branco e pular ondinhas em Copacabana. Em vez disso, é preciso usar várias camadas de casacos, luvas e gorros.

Em Berlim é frio, algo entre 5° e -10°, dependendo do ano. Mas também há muita coisa para fazer, dezembro é um dos meses mais agitados com atividades ao ar livre. As famosas feiras de natal alemã vão de tradicionais a veganas sustentáveis, passando pelo estilo de parque de diversões. Já escrevemos sobre algumas das nossas favoritas aqui, elas seguem acontecendo todo ano.

A virada

Na noite de ano novo, o comportamento é bem diferente das feiras de natal. Em vez de luzinhas fofas, vinho quente em abundância e salsichas, as pessoas tendem a entrar no que eu chamo “modo counter-strike”. Na Alemanha só é permitido vender e comprar fogos de artifício nos três dias antes do ano novo. Mas é permitido soltar fogos de artifício a vontade na noite de ano novo – e as pessoas entram de cabeça no espírito de soltar fogos. Em alguns bairros, isso se traduz em alguns fogos sendo soltos no meio da rua. Mas em Kreuzberg e Neukölln, as ruas viram guerra.

Mas entre uma rua calma e essa simulação de guerra civil, há vários pontos divertidos para assistir mais do que participar na simulação de guerra civil. Eis algumas sugestões:

  1. Victoria Park em Kreuzberg: lotado, porém uma das partes mais calmas do bairro. O parque fica numa colina e oferece uma vista incrível da cidade toda
  2. Ponte na frente da estação central de Berlim, a Hauptbahnhof: vista do parlamento e dos fogos oficiais no Brandenburger Tor sem a super lotação de estar lá.
  3. Pontes Warschauer Brücke or Oberbaumbrücke: entre Kreuzberg e Friedrichshain, tem uma vista excelente do rio Spree e da torre de TV.

As furadas

Existem algumas furadas também, que são:

Milhares de pessoas na Straße der 17. Juni, a enorme avenida em frente ao portão de Brandenburgo. Fonte: Robert Schlesinger dpa/lbn +++(c) dpa - Bildfunk+++
Milhares de pessoas na Straße der 17. Juni, a enorme avenida em frente ao portão de Brandenburgo. Fonte: Robert Schlesinger dpa/lbn +++(c) dpa – Bildfunk+++
  1. Brandenburger Tor, onde acontecem os fogos oficiais. Milhares de pessoas de fora de Berlim vão para lá todos os anos. Assim como a furada de Time Square em Nova York, eles têm um número de visitantes limitados, então as pessoas chegam pelo menos 4 horas antes da virada. É a furada-mor do ano novo.
  2. Mauerpark: com vista limitada da cidade, minhas fontes berlinenses me dizem que um local jamais escolheria ir para lá.
  3. Alexanderplatz: apesar de ser cartão postal, nada muito divertido acontece por lá. Sem uma vista da cidade e sem muitas residências pela região, não há motivo para ir para lá a não ser que seja trocar de linha de metrô.

Tradições

Além de ver ou soltar fogos, as maiores tradições de ano novo na Alemanha dependem da sua faixa etária. Pessoas acima de 50 tendem a fazer uma ceia de peixe, especificamente o Sander (Zander em alemão) e depois ver fogos pela TV ou pela janela. A bebida tradicional, como no Brasil, é espumante. Aqui prefere-se espumantes com sabor, tipo morango e cereja.

Festa em casa, às vezes apenas alguns amigos conversando na cozinha, às vezes pista de dança e vários ambientes nos apartamentos antigos e enormes da cidade. Fonte: http://mitvergnuegen.com/
Festa em casa, às vezes apenas alguns amigos conversando na cozinha, às vezes pista de dança e vários ambientes nos apartamentos antigos e enormes da cidade. Fonte: http://mitvergnuegen.com/

Festa no apê

Para os jovens, a boa é achar uma festa na casa de alguém, prática muito comum e muito adorada por aqui. Mais do que bares ou clubes noturnos, festas em WGs (apartamentos compartilhados por vários amigos) são a melhor opção. Se alguém te convidar para uma no ano novo, aceite! É definitivamente a melhor opção. As festas fechadas em clubes noturnos tendem a ser caríssimas, como em quase todo lugar. Mas há alguns clubes que, depois da meia-noite, cobram apenas a entrada normal.

O mais importante é vestir-se contra o frio e levar dinheiro vivo para comprar bebidinhas extras nas lojas 24hs que ficam abertas a noite toda, além de tentar conseguir um convite para uma festinha em casa num ponto com vista da cidade. Achar a varanda certa é tirar a sorte grande! Além disso, é importante lembrar que as lojas fecham meio dia no dia 31 de dezembro e dia 01 de janeiro, o dia todo. Se o dia 02 de janeiro for um domingo, as lojas continuarão fechadas. Então a corrida para os supermercados culmina no dia 31 de dezembro, com filas longas pela cidade toda.

Prepare-se, planeje e compre seu espumante antes do meio dia no dia 31 de dezembro!

Foto em destaque do site Expedia.de.

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Helena Nacinovic

As maiores roubadas de Berlim, parte 2

Continuando a lista sobre as maiores roubadas de Berlim, vamos lembrar: Veja...
Leia Mais