Endereços para matar saudades do Brasil em Lisboa

Pão de queijo da Casa 55. Foto: Flávia Motta / Almost Locals
Pão de queijo da Casa 55. Foto: Flávia Motta / Almost Locals

Nem precisa ter saído do Brasil para perceber que Portugal virou a bola da vez para o candidato a imigrante na Europa. Felizmente não faltam de opções para matar um pouquinho das saudades do Brasil em Lisboa.

O que fazer em Lisboa. Descubra o essencial da cidade

Comida brasileira em Lisboa

Casa 55

Pensou pão de queijo em Lisboa, pensou Casa 55. É nesse misto de café e mercearia que a mineira Patrícia Araújo põe a prova sua receita caseira de pão de queijo. Depois de anos como cabeleireira no Brasil, ela fez sua estreia no ramo alimentício na capital portuguesa com a sócia Larissa Carvalho. E que estreia! Seu pão de queijo é generoso na dose e no sabor de queijo. Mas não é só. A Casa 55 tem bolo de cenoura do jeitinho brasileiro, bolo de milho, sucos de goiaba, cupuaçu e outras frutas tropicais, açaí e aquela hospitalidade que só os mineiros sabem oferecer.

Escondidinho de carne seca com batata doce, do Aromas e Temperos. Foto: Flávia Motta / Almost Locals
Escondidinho de carne seca com batata doce, do Aromas e Temperos. Foto: Flávia Motta / Almost Locals

Aromas e Temperos

O restaurante da chef Juliana Magalhães propõe uma cozinha brasileira com toques portugueses. No pequeno espaço entre os bairros de Arroios e Estefânia, Juliana serve bobó de camarão, linguiça flambada na cachaça, carne seca com abóbora e até mousse de queijo com calda de goiabada. Sempre, com um twist português.

Comida brasileira em Lisboa? A chef Juliana Magalhães faz, com sabores portugueses

Mercado Brasil Tropical

Esse é o endereço certeiro para o brasileiro com banzo, aquela saudade que aperta o peito do imigrante e chega a dar desgosto. É que aqui dá para viajar por sabores do Brasil que só brasileiro entende: bombom Serenata de Amor, cuscuz de milho, canjica, suco de caju, erva-mate e até kit feijoada.

Clima descontraído no Zazah. Foto: Divulgação
Clima descontraído no Zazah. Foto: Divulgação

Música brasileira em Lisboa

Rua das Pretas

No projeto comandado pelo músico Pierre Aderne no Príncipe Real, as noites de sábado são embaladas a boa música brasileira, acompanhada de bom vinho e boa comida. Pierre apresenta composições suas e recebe convidados que mostram trabalhos autorais ou grandes clássicos que emocionam uma plateia saudosa do Brasil.

Tardes musicais: conheça os projetos de shows intimistas em Lisboa

Água de Beber

Domingo é dia de roda de samba nesse bar que fica no coração do Cais do Sodré, mas todos os dias da semana o Água (para os íntimos) é o QG de brasileiros saudosos do clima descontraído de boteco, com cerveja gelada e sambinha. Se a música não faz a sua cabeça, passe para provar a coxinha, salgado que já ficou relativamente fácil de achar em Lisboa, mas que ninguém aqui faz tão bem.

Design brasileiro na Casa Pau-Brasil. Foto: Flávia Motta
Design brasileiro na Casa Pau-Brasil. Foto: Flávia Motta

Lifestyle do Brasil em Lisboa

Casa Pau-Brasil

O foco aqui é no luxo brasileiro. Um palacete no Príncipe Real virou uma espécie de embaixada informal do melhor e mais criativo que o Brasil produz: há mobiliário dos Irmãos Campana e de Sérgio Rodrigues, perfumaria Granado, moda-praia de Lenny Niemeyer e biojoias Maria Oiticica, entre outras marcas.

Zazah

O gastrobar de três sócios cariocas trouxe para Lisboa aquela coisa tão típica do Rio de Janeiro: a possibilidade de chegar a um lugar para tomar uns copos, emendar num jantar e seguir até o fim da noite. O cardápio do chef Moisés Franco foca no contemporâneo sem se prender a territorialidades. Já a trilha sonora tem curadoria da carioquíssima Rádio Ibiza.

Zazah: um gostinho do lifestyle carioca num gastrobar em Lisboa

Tem outra dica de endereço para matar as saudades do Brasil em Lisboa? Deixa a dica aqui nos comentários.

Comments

comments

Tags desse artigo
Escrito por
More from Flavia Motta

Tardes musicais: conheça os projetos de shows intimistas em Lisboa

O clima tem qualquer coisa de confraria. Mesmo que nem todos os...
Leia Mais