Pequeno dicionário para ser local em Berlim

Às vezes, é preciso mais do que conhecer a lingua para se virar bem numa cidade. Entre gírias, apelidos e conceitos diferentes, eis algumas das palavras que vale aprender mesmo que você não fale alemão. Esse pequeno dicionário para ser local em Berlim vai te ajudar a curtir mais a visita à cidade e evitar algumas confusões comuns:

ABC de Berlim

Alex: apelido da Alexanderplatz, uma das maiores estações da cidade, e da praça ao redor, onde fica a Torre de TV.

Boxi: apelido de Boxhagener Platz, em Friedrichshain.

Cola: Em vez de pedir “Coke”, peça sempre “Cola” nos restaurantes. Mas recomendo experimentar outros refrigerantes e bebidas locais em vez da nossa conhecida Coca Cola.

Darm: darm é a pele da salsicha. Aqui você pode escolher comer a sua Currywurst com ou sem pele (mit oder ohne Darm). Veja as nossas recomendações de Currywurst em Berlim.

platz-die-berliner-currywurst Dicionário para ser local em Berlim

Uma currywurst “mit Darm”. Fonte: Süddeutsche Zeitung

Döner: aqui os kebabs ou churrascos gregos são chamados de Döner. Eles podem ser servidos no pão ou num prato e são encontrados em milhares de lanchonetes espalhadas por todos os cantos da cidade.

Fahrschein, bitte: Se você ouvir isso, é um dos controladores do transporte público pedindo para ver seu bilhete. Veja mais no post sobre transportes em Berlim (link mais abaixo, no item “S/U“).

Limonade / Limo: ao contrário do que a palavra sugere, isso não significa limonada. Na verdade, é o nome de qualquer refrigerante. Então uma Himbeerlimonade é um refrigerante de framboesa, por exemplo. A Alemanha tem uma variedade enorme de marcas e sabores de refrigerantes, então experimente!

Kiez: significa bairro ou região da cidade. Como os bairros oficialmente são muito grandes, as pessoas usam os Kiez às vezes para indicar uma parte específica do bairro. Por exemplo, em Friedrichshain, existe o Boxhagener Kiez, que é a região ao redor da Boxhagener Platz. Em Prenzlauer Berg, há o Kollwitz Kiez, que é a região ao redor de Kollwitzplatz.

Kotti: apelido da região ao redor da estação de metrô Kottbusser Tor, em Kreuzberg.

Kneipe: No Reino Unido, eles têm os pubs. Na Holanda, são os cafés. Aqui, o bar tradicional para uma cervejinha é o Kneipe. Veja aqui uma sugestão nossa.

Kreuzkölln: área de fronteira dos bairros Kreuzberg e Neukölln, onde fica o Maybachufer e a feira turca às terças e sextas.

pfand Dicionário para ser local em Berlim

As garrafas de refrigerante e cerveja um späti em Friedrichshain

Pfand: depósito que se paga ao comprar uma garrafa de bebida numa loja, späti ou mercado. Também é o nome do depósito que se paga em festas e bares ao se pegar uma bebida. Você recupera o depósito devolvendo a garrafa ou copo (às vezes com uma ficha) no bar ou nas máquinas de devolução nos supermercados. É a razão pela qual as pessoas não colocam garrafas no lixo. Se você estiver na rua e não quiser carregar a garrafa, coloque no chão ao lado de uma lata de lixo.

S / U: forma curtinha de se referir ao S-Bahn ou U-Bahn. Veja aqui mais informações sobre como é o transporte público em Berlim.

weinschorle Dicionário para ser local em Berlim

O Weinschorle é tão popular que foi até engarrafado. Fonte: bierbier.org

Schorle: Schorle é qualquer suco de fruta misturado com água com gás. É uma das bebidas mais comuns daqui, particularmente Apfelschorle (maçã) e Rhabarberschorle (ruibarbo). Não leva açúcar adicional e tem o frizz de um refrigerante. Também é comum beber vinho branco com água com gás, o famoso Weinschorle. Super refrescante no verão!

Späti / Spätkauf: lojas de conveniência, que às vezes são quase mercados, que ficam abertas até tarde da noite, muitas vezes 24 horas. Vendem no mínimo bebidas geladas, cigarros e tabaco, salgadinhos tipo batata chip. Muitas vezes vendem também chips para celular pré-pago.

SIM: Aliás, não adianta procurar por “chip para celular”. Para ter conexão, procure por um “Prepaid SIM-Karte” (e crédito é “Guthaben“).

Trödelmarkt/Flohmarkt: são os mercados de pulgas, onde você pode encontrar de móveis antigos a aparelhos eletrônicos que não funcionam. Alguns têm endereço fixo e abrem todos os dias da semana, e outros funcionam semanal ou quinzenalmente.

Ziehen: Em portas, “puxe”. Mas, se você se confundir e empurrar (drücken), tudo bem – quem nunca?

 

Foto de destaque: Sascha Bachmann (@fototourberlin)

 

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Helena Nacinovic

Um pouco de Nova York em Berlim

Muito se fala sobre a gentrificação de Berlim e dos efeitos negativos...
Leia Mais