RIO: 10 dicas do que fazer durante a Paralimpíada Rio 2016

E o espírito olímpico está de volta ao Rio de Janeiro! Até o dia 18 de setembro, os Jogos Paralímpicos Rio 2016 vêm para matar a saudade do clima esportivo e festivo que toma conta da cidade. Não falta programação pra curtir até lá. Fique ligado na nossa listinha e aproveite!

Boulevard Olímpico

O Boulevard Olímpico veio pra ficar e, durante as Paralimpíadas, o point mais democrático do Rio 2016 volta com tudo que tem direito: balão panorâmico, food trucks, bungee jump, museu itinerante e atrações musicais. A super área de lazer ao ar livre também vai contar com telões, que vão exibir as cerimônias de abertura e encerramento, além das principais competições. A partir do dia 8/9, os shows voltam a agitar a Praça Mauá dentro da programação da Wheelchair Fest. O evento faz parte das comemorações pelos dez anos da ONG Embaixadores da Alegria, que trabalha com a inclusão de pessoas com deficiência. O evento vai contar com uma exposição de onze cadeiras de rodas customizadas por diferentes artistas, além atrações musicais como Cacique de Ramos, Nicolas Krassik, Jonas Sá e Tono. Confira a programação

 

Símbolo da Paralimpíada, em frente ao Copacabana Palace. Foto: Cidade Olímpica

Com cheiros e texturas, símbolo dos Jogos Paralimpicos fica em frente ao Copacabana Palace. Foto: Cidade Olímpica

Símbolo dos Jogos Paralímpicos

E Copacabana ganha mais um ponto turístico para selfies olímpicas. Em frente ao Copacabana Palace, fica a escultura que simboliza os Jogos Paralímpicos. Dentro do conceito de sustentabilidade, ela é toda feita de plásticos reciclados de embalagens recolhidas da própria Praia de Copacabana. A escultura também é interativa e inclusiva, possuindo diferentes texturas e cheiros, pra que todo mundo possa sentir a experiência. O agito paralímpico significa “Eu me movo” e tem cheirinho de guaraná, amaciante e menta.

Pira Paralímpica

Assim como aconteceu nos Jogos Olímpicos, na noite da cerimônia de abertura, a Chama Paralímpica também acende a pira da Candelária, onde fica até o encerramento da Paralimpíada, para a alegria do público. Dessa forma, a pira, que fica diante da escultura do artista americano Anthony Howe, volta a ser ponto turístico disputadíssimo na cidade.

Casa Brasil, no Píer Mauá, mostra a diversidade da cultura brasileira. Foto: Casa Brasil

A Casa Brasil, no Píer Mauá, mostra a diversidade da cultura brasileira. Foto: Casa Brasil

Casa Brasil

Localizada no Píer Mauá, no meio do Boulevard Olímpico, a Casa Brasil tem como proposta oferecer uma vasta gama de experiências brasileiríssimas, com programação diária e gratuita. A casa temática é uma das maiores dos Jogos, ocupando dois armazéns de 1.750 metros quadrados. Lá dentro, é possível participar de oficinas de preparação de café, degustações de chocolate, cachaça e vinho nacionais, além de curtir experiências interativas, como uma visita virtual às Cataratas do Iguaçu. Shows, projeções de filme, oficinas de música e palestras sobre cultura, turismo, esporte e negócios também são atrações do espaço. Saiba mais. 

Casa Japão Tóquio 2020

Sede dos próximos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tokyo 2020, o Japão caprichou na sua casa temática, que fica na Cidade das Artes, na Barra. Lá, o público pode sentir um gostinho da cultura japonesa, com exposições interativas, experiência de vídeo de 8K, mostra de cultura gastronômica, informações turísticas e muito mais. A programação, que é toda gratuita, também conta com apresentações musicais de artistas japoneses e brasileiros, num animado intercâmbio cultural, e você também fica sabendo sobre o que o país está preparando para a próxima Olimpíada. Veja a programação. 

O Baixo Suíça, na Lagoa, é um dos points mais badalados da Paralimpíada. Foto: Swissando

O badalado Baixo Suíça, na Lagoa, volta a abrir diariamente durante a Paralimpíada. Foto: Swissando

Baixo Suíça

O badalado Baixo Suíça – Swissando, que durante as Olimpíadas recebeu 160 mil visitante, batendo recorde de público de todas as edições da House of Switzerland ao redor do mundo, volta a abrir diariamente durante os Jogos Paralímpicos. De 7 a 18 de setembro, das 11h às 23h, a Casa da Suíça segue com patinação no gelo sintético, globo de neve, gôndola giratória e simulador. Além disso, o espaço, que tem entrada gratuita, também recebe pocket shows e comemorações de medalhas dos atletas suíços. Pra completar, um espaço gastronômico oferece especialidades do país, como o Feuerring, o churrasquinho suíço. Confira a programação das atividades. 

Casa Colômbia

É na recém revitalizada Praça Marechal ncora, no Centro do Rio, que fica a Casa Colômbia. Para ocupar o Centro Cultural do Ministério da Saúde, o comitê colombiano fez uma grande reforma no prédio, que ficará de legado após os Jogos. No espaço, que tem entrada gratuita, é possível conhecer toda a diversidade cultural do país. Sua principal atração é a exposição “Arte, patrimônio e cultura do Banco da República da Colômbia”. A casa também promove apresentações musicais e degustações, como do famoso café colombiano Juan Valdez. Saiba mais. 

Cervejas alemãs são atração na OliAle, a Casa da Alemanha, no Leblon. Foto: OliAle

Cervejas alemãs são atração na OliAle, a Casa da Alemanha, no Leblon. Foto: OliAle

Casa da Alemanha

Fechada após os Jogos Olímpicos, a casa da Alemanha, batizada de OliAle, volta a agitar as areias do Leblon durante a Paralimpíada. O pavilhão, montado entre o Jardim de Alah e o Posto 11, tem cervejas e comidinhas alemãs, área de jogos, atividades para crianças e programação cultural noturna com shows e apresentações de DJs, além de transmitir os jogos. Veja a programação

Mostra de Festivais

Durante as Paralimpíadas, a Fundição Progresso vai receber seis festivais de música, representando as cinco regiões do país. Tudo de graça. A Mostra Funarte de Festivais de Música nas Olimpíadas acontece de 6 a 17 de setembro, às terças, sextas e sábados, a partir das 19h. A cada dia, um festival diferente apresenta suas atrações: Festival Coco de Nóis e do Mundo, Se Rasgum, Festival Vaca Amarela, Morrostock, A Hora do Coco e O Menor Festival de Jazz do Mundo vão apresentar shows que contemplam toda a variedade sonora da cultura nacional. Saiba mais.

O filme Paratodos é um dos destaques da programação do Cine Esporte. Foto: Divulgação

O filme Paratodos é um dos destaques da programação do CINEEsporte. Foto: Divulgação

CINEEsporte

Maior festival de cinema esportivo do Brasil, o CINEfoot preparou especialmente para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos a mostra CINEEsporte, com 33 filmes que abordam temáticas esportivas. O longa-metragem “Paratodos”, que retrata as histórias de atletas paralímpicos brasileiros, é um dos destaques da programação. As sessões são gratuitas e contam com total acessibilidade. Durante a Paralimpíada, a mostra acontece de 13 a 18 de setembro, no CCBB-Centro Cultural Banco do Brasil, no Ponto Cine Guadalupe, no CCJF-Centro Cultural Justiça Federal e no Cine Joia Copacabana. Confira a programação completa


Siga Almost Locals no Instagram
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

Comments

comments

Tags desse artigo
Escrito por
More from Erika Azevedo

RIO: Por que você precisa conhecer a Pedra do Sal

Considerada berço do samba carioca, a Pedra do Sal é um oásis...
Leia Mais