Dicas de sobrevivência no metrô de Londres

Amado e odiado, eficiente e mesmo assim xingado a todo momento, o metrô de Londres é o mais antigo do mundo e o segundo maior, só perdendo para o de Pequim em número de estações. Essa maravilha pode levar você a qualquer lugar da cidade mas como a Londres é gigante, você provavelmente vai passar boa parte do tempo no metrô.

Quer saber mais sobre o que visitar em Londres? Entre em contato e saiba como ter um guia de Londres personalizado, com o Almost Locals Experience.

Fizemos essa lista de dicas para você se virar melhor por lá e não pagar muito mico no metrô de Londres.

1 – Escada rolante, sempre à direita. Corredor, sem lei.

A regra de andar pela direita na escada rolante no metrô de Londres é primordial, indispensável e talvez a mais importante. Se estiver do lado esquerdo, 99% de chance que você vai ser empurrado e com certeza você vai ser xingado e levar uma olhada bem feia. As pessoas em Londres têm pressa e elas sobem e descem pelo vão da esquerda o tempo todo. Repita como um mantra. Também evite de parar no meio do corredor do nada, afinal você não quer ser responsável por uma avalanche humana.

O tipo mais odiado do metrô. Crédito: Time Out
O tipo mais odiado do metrô. Crédito: Time Out

2 – Say SORRY

Ficou empacado na frente de alguém? Diga “sorry”. Alguém pisou no seu pé? Peça desculpa! Independente se você estiver certo ou errado, todo mundo fala “sorry” o tempo inteiro no metrô. Mesmo quando algo quase acontece. Foi mal aê. Quer dizer, sorry.

3 – 2 estações na mesma linha podem não estar diretamente conectadas

Você está na estação de London Bridge, quer ir para Leicester Square e vê no mapa que elas estão na Northern Line. Não comemore, amigo! Isso é pegadinha do capeta. A Northern tem um caminho super esquisito e se separa várias vezes. “Por que não deram nomes diferentes para as linhas?”, você se pergunta. Nós também. Isso pode acontecer na District, Circle e outras linhas com bifurcações. Fica bolado não.

Várias linhas, um só nome. NORTHERN!
Várias linhas, um só nome. NORTHERN!

4 – “Ah esse metrô do primeiro mundo”

Pegue a Central ou a Northern Line na hora do rush e derrube esse mito. Tá todo mundo enlatado que nem sardinha, cheirando o casaco com cheiro de guardado do outro na frente e principalmente, pegando uma gripe alheia. De vez em quando acontece algum problema no metrô (tipo, alguém se mata, super comum) e as linhas andam com atraso. Ou seja, por mais eficiente e incrível que ele seja, Londres é tão grande que o metrô às vezes não dá conta.

5 – Subway? Aqui não tem isso não. 

Como a maioria dos Brasileiros aprende Inglês Americano, é comum se referir ao metrô como subway. Os Ingleses são literais e subway aqui é uma passagem subterrânea para pedestres. Metrô é underground. Palavra grande né? Por isso ele é chamado também de tube.

6 – Um bilhete não te leva a todos os lugares

O metrô se divide em zonas e dependendo de onde você vai, a passagem fica mais cara. Já saí na zona 3 com um bilhete da 2 e na volta, tive que ir no guichê pagar pela diferença. Então olho onde você vai.

7 – Uma linha pode não estar funcionando

Todo final de semana é a mesma coisa. Você todo feliz chega na estação para dar aquele rolé programado do final de semana e puuuuuuufffffff, a estação está fechada. A linha toda está parada. Amigo, quem mora em Londres não sai de casa sem consultar o site da TFL (Transport for London) ou o Citymapper. Tudo pode mudar e seus planos vão por água abaixo.

Ihhhhhhhh ferrou.
Ihhhhhhhh ferrou.

8 – O body language e a etiqueta

Existe uma lenda que ninguém olha nos olhos no metrô de Londres. Não respeito isso muitas vezes. Porém o que é realmente impressionante é o silêncio que impera dentro dos vagões, mesmo quando eles estão lotados. A única coisa que dá pra escutar é o barulho horroroso e alto do trem nos trilhos, principalmente na Central line.

9 – Corra

Se estiver perto da meia noite e você ainda estiver no pub, corra. Mas corra muito. Porque se o metrô fechar você pode estar bem ferrado. Ele fecha à meia noite, mas isso vai mudar em Setembro de 2015 nos finais de semana, quando todo mundo em Londres vai poder beber um pint no pub na santa paz do senhor. Sim, todo mundo na cidade vive em função do horário do metrô e a maioria dos jantares, shows e saídas pro bar são planejadas de acordo com o horário dele. Saco.

10 – Sexta e Sábado à noite: zombieland

O povo em Londres tem a fama de encher a cara até cair. Mas como todos passam pelo metrô antes chegar em casa, eles caem pelo metrô mesmo. É um mar de vômito, gente caída nas estações, galera gritando e até, pasmem, Ingleses puxando um papo com desconhecidos. Câmera preparada porque o próximo viral pode estar aqui. 

Bônus

A gente já fez um post super amigo e útil sobre como pronunciar as estações do metrô de Londres. Clique aqui e pague menos mico!

E você, tem alguma outra dica preciosa pra sobreviver nesse mundo do metrô de Londres?

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Sarah Oliveira

BCN: Au Porte de la Lune , francês bom e barato

Perguntei a uma amiga francesa qual era o seu restaurante predileto de...
Leia Mais

2 Comentários

Os comentários estão fechados