Dicas de Roma: o essencial para evitar roubadas

Fontana di Trevi. Foto: Flávia Motta / Almost Locals

Uma das cidades mais visitadas do mundo, Roma pode ser desafiadora para o visitante de primeira viagem. Reunimos aqui nosso aprendizado após algumas idas à capital italiana em cinco dicas de Roma essenciais para você não cair em roubadas.

Quer saber o que visitar em Roma? Entre em contato e saiba como ter um guia de Roma personalizado, com o Almost Locals Experience.

Transporte

A dica fundamental aqui é comprar seu bilhete antecipadamente numa loja de tabaco ou banca de jornal que tenha o símbolo da Atac, a empresa dos transportes de Roma. Não há venda de bilhetes a bordo de trams, bondes e ônibus, mas há fiscalização e multa pesada caso você não tenha bilhete ou tenha esquecido de validá-lo no transporte.

Trem em Roma. Foto: Leonardo Mesquita
Trem em Roma. Foto: Leonardo Mesquita

Grandes atrações

Comprar ingresso antecipadamente para atrações concorridas, como o Coliseu ou o Vaticano vai te poupar de perder (muito) tempo nas filas e também alguns aborrecimentos. Aparentemente, organizar fila não é uma virtude de quem trabalha nos grandes monumentos romanos e é muito fácil encontrar turistas ‘desentendidos’ desrespeitando a ordem de chegada.

Cinco lugares para beber cerveja artesanal em Roma

As refeições

Os cardápios na Itália normalmente estão divididos entre primo piatto e secondo piatto. Ou seja, primeiro e segundo pratos, que costumam ser uma massa e uma proteína, nessa ordem. O que você precisa saber é que o hábito de comer dois pratos a cada refeição se perdeu um pouco no dia a dia (quem aguenta trabalhar depois de um almoço desses?). Por isso, é muito comum os italianos optarem pelo primeiro ou pelo segundo prato nas suas refeições. Outro detalhe importante é que o segundo prato normalmente é a proteína pura (um bife ou um peixe) e se você fizer questão de acompanhamento precisa pedir um contorno à parte.

3 boas pizzas em Roma

Espaguete ao vôngole. Foto: Flávia Motta / Almost Locals
Espaguete ao vôngole. Foto: Flávia Motta / Almost Locals

A gratuidade dos museus

Como em muitas cidades pelo mundo, no primeiro domingo de cada mês, os museus e monumentos de Roma têm visita gratuita. O que o turista não sabe é que só os museus e monumentos nacionais (como o Coliseu) têm entrada livre. Nos museus da municipalidade Roma, a gratuidade é só para cidadãos locais.

5 dicas para economizar em Roma

A barreira da língua

Embora Roma seja uma cidade muito turística, é relativamente fácil encontrar locais que não falam inglês. Tão fácil quanto é encontrar os que detestam que você os aborde em inglês. Em dez dias passeando por Roma eu aprendi a duras penas que a melhor forma de conquistar a simpatia romana é se arriscar no portunhano – aquela mistura de portunhol com italiano de novela, que só brasileiro é capaz de fazer.

Está planejando uma viagem para a capital italiana? Veja todas as nossas dicas do que fazer em Roma aqui.

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Flavia Motta

LIS: Descubra a programação de fim de ano em Lisboa

As luzes de Natal já foram acesas, o Papai Noel vem circulando...
Leia Mais