De Hallen, a garagem de bondes que é um oásis urbano

Amsterdã atualmente domina com excelência a arte de reciclar espaços. Na última década galpões, estações e lofts industriais entraram em extinção uma vez que os holandeses adoram desafios e encontraram na possibilidade de reutilizar materiais uma fonte infinita de recursos. O que há menos de uma década não passaria de resíduos de demolição, agora é parte de um plano de sustentabilidade, e significa redução de custos. Win-win situation.

A garagem de bondes em 1908 – Crédito: arquivo público

Quanto mais abandonado, velho e deteriorado, mais lindo fica depois da reforma, e se isso dá um “kick” em quem assiste de fora, passando na frente todos os dias e acompanhando o progresso, imagina em quem executa! Artistas, designers, arquitetos e construtores nesse momento respiram e transpiram o pensamento de Antoine Lavoisier “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

De Hallen durante a reforma – Crédito: arquivo De Hallen

Por aqui, não só se transforma, como se reforma e se conserva. E foi assim que a antiga garagem de bondes datada de 1908 foi transformada em maravilhoso oásis urbano, fora da rota turística, entretanto pertinho do Centro, do Jordaan e do Westerpark, bairros legais e relevantes para quem curte ambientes cheios de vida.

O De Hallen apresenta um conceito que vai além do “multi-espaço” (afinal ser comunal, hoje em dia é regra para um lugar se tornar interessante). Os sete setores interligados permitem por exemplo escritórios e pequenas fábricas a co-existirem de maneira harmônica com salas de cinema, galeria de arte, biblioteca, creche, loja de bicicleta, studios de televisão e até um hotel. Além da praça de alimentação que oferece fast-food com dignidade e também dois bares, perfeitos para happy-hour.


FilmHallen, é um cinema de arte com quatro salas, que oferece uma programação alternativa à dos cinemas comerciais. As salas são amplas, as cadeiras são muito confortáveis e na entrada tem até uma mini cabine exibindo curtas gratuitamente…à moda antiga.

Como não amar? Uma mini cabine exibindo curtas no hall de entrada do cinema – Crédito: P. Dieb/AL

A Recycle, se tornou uma das minhas lojas preferidas. Recicla, conserta, vende e desenvolve projetos sob medida. Já levei a bike lá, já comprei acessórios e confesso que foi difícil não sair de lá com uma bike extra. O atendimento é bastante personalizado e a loja é bem especializada. Para amar ainda mais, eles usam mão de obra do programa de reabilitação Roads que visa reintegrar ex-dependentes químicos ou em terapia no mercado de trabalho, através da montagem e conserto de bicicletas.

A loja de bicicleta mais incrível da cidade – Crédito: P. Dieb/AL


A biblioteca parte da Rede Nacional de Bibliotecas dispõe de muitos títulos e também de uma cafeteria. O ambiente é muito agradável e calmo para trabalhar, ler ou tomar um café. Também é possível assistir vídeo instalações e residentes podem alugar títulos.


Loucos por jeans, não podem deixar de dar uma olhada nas instalações da Denin Lab & House of Denin, escola e fábrica de jeans.  


No próximo domingo publicaremos a segunda parte desse artigo com todos os detalhes sobre o Food Hallen… Os quiosques mais autênticos e também o que os bares oferecem de melhor. Até lá! 

De Hallen
Endereço: Hannie Dankbaar Passage 33 , 1053 RT, Amsterdã
Telefone: +31 (0) 20 705 81 64
Horário: vários 

• Crédito da foto usada como imagem destacada: Monumentaal.com

Gostou? Conheça outros espaços reaproveitados, como a Fábrica Lehmann, em Barcelona

Siga Almost Locals no Instagram

Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Priscilla Cavalcante

AMS: 15 obras que fazem do Rijks um museu incrível

O Rijksmuseum, antes de ser declarado oficialmente um museu (em 1800), era chamado de “Galeria...
Leia Mais

2 Comentários

Os comentários estão fechados