Almost Tourists: Poços de Caldas tem muito mais pra ver do que você imagina

Este post é uma colaboração de Monika Hikaru.

A vontade de conhecer Poços de Caldas, estância hidromineral no sul de Minas Gerais, surgiu em uma conversa com uma amiga sobre o filme Whisky, ambientado em um hotel decadente na cidade praiana de Piriápolis, o Argentino Hotel, no Uruguai. Kátia sugeriu que eu conhecesse então uma versão tupiniquim, o Palace Hotel da cidade mineira – “você vai adorar!” foi o que ela disse. E lá fomos nós, eu e meu marido em um feriado prolongado.

Palace Hotel

Palace Hotel foi inaugurado em 1929. De acordo com o site, “Importante pela sua trajetória, participou da história do Brasil na Velha República e no Estado Novo. Hospedou e continua recebendo grandes nomes da sociedade brasileira além de ilustres chefes de Estado de vários paises.” O Palace Hotel, Thermas Antônio Carlos e Palace Casino são cercados por parques e jardins, tombados pelo Patrimônio Histórico Estadual e Municipal. O hotel passou por uma reforma recentemente. Os interiores ficaram um tanto kitsch.

Um dos Salões do Palace Hotel

Inauguradas em 1931, as Thermas Antonio Carlos foram o primeiro estabelecimento termal do Brasil. Oferecem banhos sulfurosos, massagens e fisioterapia. Muita gente faz tratamento longo para problemas de saúde. Tomei um banho de imersão em água sulfurosa e fiquei com uma pele de veludo por uma semana. Não deixe de visitar a sala de mecanoterapia, com aparelhos alemães originais de 1931, ainda em funcionamento.

Vitrais das Thermas Antonio Carlos

Palace cassino

Em Poços de Caldas foi inaugurado o primeiro Instituto Moreira SallesA cidade foi escolha do próprio embaixador Walther Moreira Salles, como forma de homenagear a região onde sua família viveu.

Um passeio bem divertido é de teleférico à Serra de São Domingos, com percurso de 1.500 metros e torres que chegam a 20 metros de altura. No alto da montanha fica o monumento ao Cristo Redentor, a 1.600m de altitude e também a plataforma para voo de parapente.

Poços, para os mais íntimos, impressiona principalmente pela beleza das praças. À noite a Praça Pedro Sanches fica lotada de gente e rola até música no coreto.

Música na praça: balada forte!

Apesar de não ser atração turística, uma coisa que chama a atenção na paisagem da cidade é o esqueleto do monotrilho que só funcionou experimentalmente por um mês, projeto da prefeitura da década de 80 do século passado, que ligaria a Rodoviária ao centro.

Monotrilho – dinossauro

A cidade dispõe de bicas de água potável sulfurosa, sulfídrica, alcalina e radioativa. Já pensou? Ter água mineral da melhor qualidade sempre que quisermos? Atualmente é o sonho do paulistano.

A cidade tem muitos restaurantes, cafeterias, sorveterias, lanchonetes e bares. E como não depende apenas do turismo, os preços são camaradas.
 
Aqui vai uma lista dos lugares que visitamos e outras atrações da cidade:
Palace Hotel – Rua Pedro Sanches, s/n
Palace Cassino – Praça Dr. Afonso Junqueira, s/n
Thermas Antonio Carlos – Rua Junqueiras, s/n
Instituto Moreira Salles  – Rua Teresópolis, 90 , Jardim dos Estados
Teleférico – Praça Dr. Afonso Junqueira, s/n
Espaço Cultural da Urca – Praça Getúlio Vargas, s/n
Recanto Japonês e Fonte dos Três Desejos – acesso pela Av. David Benedito Ottoni, Jd. dos Estados
Calendário de Flores – Praça Dr. Elizário Junqueira
Fonte dos Amores – Rua Piauí, No. 1
Balneário Dr. Mário Mourão – Praça Dom Pedro II (dos macacos), s/n
Parque Municipal Antônio Molinari – Av. João Pinheiro, Country Club
Mercado Municipal, para comprar produtos mineiros (não dá pra ir pra Minas Gerais sem levar um queijo de souvenir) – Rua Pernambuco, s/n
Fábrica de Cristais de Murano Cá d’Oro – Rua Rio de Janeiro, 13
Feira de Artesanato aos domingos e feriados – Praça D. Pedro II, Centro
Cachoeira Véu das Noivas – Av. João Pinheiro, 4448
Ciclovia, 5 km de extensão – Av. João Pinheiro, arborizada ladeando o rio, é possível caminhar e correr também
Passeio a cavalo e charrete – Praça Pedro Sanches – os cavalos trabalham em turnos, dia sim e dia não.
– Jogo de futebol no Ronaldão, estádio municipal, palco do Caldense, até o momento líder do Campeonato Brasileiro da série D – Av. João Pinheiro, s/n

 

Todas as fotos são de Monica Hikaru e Wagner Tamanaha.

 

Siga Almost Locals no Instagram
Não perca nenhum post Almost Locals no Twitter
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

 

IMG_0224Monika Hikaru é paulistana, química, e trabalhou em empresas ligadas à preservação ambiental. Como turista conhece 4 continentes, mas considera que uma simples caminhada pelo bairro pode virar uma viagem inesquecível. O fato de ser corintiana não a impede de assistir jogos do Juventus da Mooca, White Sox ou Tel-Aviv Macabi. Admiradora da arte do unpacking e do movimento freegan, é blogueira do Brindes, Amostras Grátis e Coisas Achadas no Lixo e Segredos de Iaiá Michele

Comments

comments

Tags desse artigo
,
Escrito por
More from Guest Blogger

Almost Tourists: Poços de Caldas tem muito mais pra ver do que você imagina

Este post é uma colaboração de Monika Hikaru. A vontade de conhecer...
Leia Mais