Petiscos e cerveja gelada em São Paulo na Adega Bar e Mercearia Santo Antônio

exc-54d50477e4b0c8ce81b80476

Por Tatiana Contreiras

Boa parte dos meus lugares preferidos em São Paulo têm uma responsável: a minha amiga Cris. Carioca, ela mudou para cá bem antes de mim e, seguindo os bons costumes paulistanos, espalhou a palavra. Não tem lugar que eu tenha ido com a Cris que não seja fantástico. Um deles é a Mercearia e Adega Santo Antônio – nome pomposo para um bar pequenininho, um boteco original e não de boutique, escondido ali pelas ruas residenciais da Pompeia e também conhecido como Bar do Toninho. Instalado por ali desde 1967, segundo me disseram, o bar foi concebido como adega pelo pai e hoje é tocado pelo filho, que reverencia o santo que lhe deu o nome e que batiza o negócio.

Crédito: Almost Locals

O Bar do Toninho (sou dessas que pega intimidade rápido) é praticamente um portal para outros tempos. Tem balcão das antigas. Tem velhinhos nas mesinhas da calçada. Tem crianças jogando bafo enquanto os pais tomam umas e outras. E tem o Toninho, sujeito dos mais carismáticos, que conhece a clientela como ninguém – afinal de contas, todo mundo ali é vizinho.

Crédito: Foursquare/Usuário Guilherme Silva
Crédito: Foursquare/Usuário Guilherme Silva

Dizem que o cardápio tem caldos, salaminhos, queijinhos, amendoins e outros inhos. Eu nunca vi nada disso. Na verdade, nunca vi o cardápio. E boteco que é boteco lá tem cardápio? Mas o Toninho tem algo maravilhoso, que me foi apresentado também pela Cris: a noite dos espetinhos. Às sextas-feiras – não todas, e seguindo um calendário totalmente desconhecido -, o Toninho monta uma churrasqueira ali na porta do bar, chama um ajudante e comanda rodadas de espetinho pra galera: de carne, frango, linguiça e queijo coalho. Você come um espetinho, toma uma cerveja, chega alguém na mesa do lado, puxa papo, o Toninho entra na conversa, você pede mais 4 espetinhos, mais uma cerveja, uma amiga aparece e pede uma cachacinha e aí, camarada, quando você vê já se foi um engradado e um milhão de espetinhos. A conta? Honestíssima. Onde mais você pode comer e beber sem nem saber quanto e pagar no máximo R$ 40 por pessoa?

No ano passado, visitantes de outras vizinhanças começaram a aparecer. Sim, o Toninho ficou famoso! O bar serviu de cenário para “Copa do Caos”, série de ficção nacional produzida e exibida pela MTV no Brasil. A decoração temática de Copa do Mundo, fruto do trabalho da equipe de cenografia da atração, acabou sendo incorporada ao local por um tempo. Mas decoração é o de menos. O espetinho – e a cerveja geladíssima – é o que importa.

Ah, sim: como um bom boteco, o Toninho fecha relativamente cedo. Para saber se tem espetinho ou não, eu pergunto para a Cris. Ela sempre sabe. Afinal, boteco à moda antiga não tem site, nem fanpage no Facebook.

Adega Bar e Mercearia Santo Antonio

Rua Doutor Miranda de Azevedo 698. Pompeia, São Paulo.

Seg-sáb, 14:00 às 22:30. 

Siga Almost Locals no Instagram
Não perca nenhum post Almost Locals no Twitter
Acompanhe a página Almost Locals no Facebook

Comments

comments

More from Sarah Oliveira

Café da manhã debaixo da ponte em Londres

Uma padaria debaixo da ponte não parece ser um dos programas mais...
Leia Mais