5 cinemas de rua em São Paulo que vale a pena conhecer

Quando eu era adolescente nos anos 1990, uma das grandes aventuras da minha turma era ir ao cinema na Praça Saens Peña, na Tijuca (Zona Norte do Rio de Janeiro). Morava perto de lá, mas o meu bairro não tinha até então uma sala de cinema sequer. A um ônibus de distância estávamos perto do paraíso do jovem cinéfilo da ZN: na Saens Peña, não faltavam cinemas de rua. Carioca, América, Art Palácio, Bruni Tijuca… Foi lá que vi Jurassic Park, Titanic (algumas vezes, confesso) e todos os blockbusters da época. Com o tempo – e o crescimento das salas em shoppings – , os cinemas de rua foram perdendo espaço no Rio, substituídos por igrejas, drogarias e lojas de departamento.

Mas em São Paulo a história ainda é outra. Apesar da infinidade de multiplexes e kinoplexes (é assim que se escreve no plural? 😛 ) em shoppings, ainda existem bons cinemas de rua nesta cidade onde sou Almost Local há pouco mais de dois anos. Juntei minha experiência de cinefilinha com a consultoria do meu amigo Diego Maia, cinefilão de mão cheia, para selecionar 5 cinemas de rua em São Paulo muito bacanas e que valem um confere. Olha só:

Caixa Belas Artes

O Caixa Belas Artes é um velho conhecido dos paulistanos. Foi inaugurado em 1967; em 1980, foi dividido em seis salas, que ganharam nomes de artistas brasileiros (Villa-Lobos, Candido Portinari, Oscar Niemeyer, Aleijadinho, Mario de Andrade e Carmen Miranda). Sempre com uma programação alternativa, o Cine Belas Artes (como era chamado na época) acabou fechando em 2011. Foi reaberto em 2014 depois de uma mobilização intensa dos cinéfilos paulistanos e da entrada da Caixa Econômica como patrocinadora. Final feliz para todos nós, que podemos continuar desfrutando dos famosos Noitões e das mostras da Caixa em um dos endereços mais interessantes da cidade: na esquina da Paulista com a Consolação. 

Caixa Belas Artes. Rua da Consolação 2423, Consolação. Tel.: +55 11 2894-5781. Estação do metrô: Consolação ou Paulista. Programação no site 

Espaço Itaú – Rua Augusta

espacoitau

Um dos meus preferidos! Fica no buxixo da Rua Augusta, com todos os seus barzinhos, botequinhos e agitação logo ao lado. Tem pipoca de pipoqueiro de rua. Sempre se esbarra com algum amigo ou conhecido na fila. Tem uma lojinha de artigos relacionados a cinema muito boa. E, claro, alguns dos filmes mais bacanas do circuito em cartaz – isso quando não rolam pré-estreias, sessões especiais e afins. Ah, sim: as salas se dividem em dois espaços, um de cada lado da rua. Um charme só. 

Espaço Itaú Augusta. Rua Augusta 1.475 (Salas 1, 2 e 3) e 1.470 (Anexo, salas 4 e 5), Consolação. Estação de metrô: Consolação. Programação no site

CineSesc

Também na rua Augusta, mas do lado fino, dos Jardins. O CineSesc tem muitos atrativos: o ingresso baratinho (principalmente para os associados do Sesc), a localização (amo a Lanchonete da Cidade, ali pertinho, na Augusta com a Tietê) e, principalmente, festivais bacanas que trazem uma programação totalmente diferente do restante do circuito, incluindo documentários e mostras de clássicos. Tá de parabéns. 

CineSesc. Rua Augusta 2075, Cerqueira César. Tel.: +55 11 3087-0500. Estação do metrô: Consolação. Programação no site

Reserva Cultural 

Num ponto estratégico da Avenida Paulista – ao lado da TV Gazeta e da faculdade Cásper Líbero – , o Reserva Cultural é um cinema de rua bem charmosinho. Tem 4 salas e os filmes em cartaz parecem bastante com a seleção do Espaço Itaú. Na cara da estação Trianon/Masp do metrô, o Reserva Cultural ainda abriga o CineClub da Aliança Francesa. A última sessão do ano rola no domingo, 29/11, às 10h, com ingresso a R$ 8 – que dá direito a assistir ao filme “Eu, mamãe e os meninos” e a um café da manhã com um croissant, um pain au chocolat, um suco e um café.  Très bien!

Reserva Cultural. Avenida Paulista 900, Térreo Baixo, Bela Vista. Estação do metrô: Trianon/MASP. Tel.: +55 11 3287-3529. Programação no site

CineSala

cinesala1

Batendo perna em Pinheiros vi uma salinha que me lembrou o cine Cândido Mendes, na rua Joana Angélica, em Ipanema (nota da redação: às vezes faço essas associações involuntárias entre coisas do Rio e coisas de São Paulo). Que cinema é esse que eu não conhecia? Ainda mais em Pinheiros! Segundo o Diego Maia (meu cinefilão de plantão), a CineSala é bem bacaninha. Foi fundada em 1959, com o nome de cine Flametta. Em 1989, virou sala Cinemateca, e desde este ano atende por CineSala. A proposta é misturar filmes de arte com títulos mais comerciais. 

Adendo do Diego: “além da localização legal, a CineSala tem umas poltronas que, na verdade, são futons para 1 ou 2 pessoas. Dá para ver o filme deitado, espreguiçado, lá na frente da sala!”. Achei lindo!

CineSala. Rua Fradique Coutinho 361, Pinheiros. Estação do metrô: Fradique Coutinho. Programação no site

Comments

comments

Tags desse artigo
More from Tatiana Contreiras

Ita Comida Caseira: bom, bonito, barato (e muito simpático) em São Paulo

  Quando estou com fome e em um bairro que não costumo...
Leia Mais